Comlurb remove 508,6 toneladas de lixo eleitoral no Rio

Mais de 200 veículos ajudaram na retirada de panfletos, cartazes e placas irregulares

Solange Spigliatti, Estadão.com.br

04 Outubro 2010 | 12h29

SÃO PAULO - Mais de 500 toneladas de lixo eleitoral foram retiradas das ruas do Rio de Janeiro neste domingo de eleições, segundo dados da prefeitura municipal.

 

As 508,6 toneladas de material, entre eles cartazes, placas e panfletos irregulares espalhados em diversas vias da cidade, foram recolhidas ao longo de todo o domingo e madrugada de hoje.

 

O serviço começou às 5h30, sendo reforçado a partir das 16h, antes do término da votação. Devido às dificuldades causadas pelas chuvas, as atividades prosseguiram durante a noite e a manhã de hoje, 4.

Para este trabalho, foram destacados 2.570 garis, que tiveram o apoio de 225 veículos, entre caminhões coletores e basculantes, carros-pipa e varredeiras mecânicas.

 

Além disso, a Comlurb atuou com 800 garis e 20 veículos, que ficaram à disposição do Tribunal Regional Eleitoral para transporte, distribuição e recolhimento das urnas eletrônicas.

Mais conteúdo sobre:
Lixo eleitoral Comlurb remoção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.