1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Criança é encontrada trabalhando em restaurante no Rio

Thaise Constancio - O Estado de S. Paulo

16 Junho 2014 | 11h 31

Delegacia encontrou menina de 7 anos carregando bandejas sujas e atendendo clientes em São Cristóvão, na zona norte

RIO - Uma menina de 7 anos foi encontrada trabalhando em um restaurante no bairro de São Cristóvão, na zona norte do Rio de Janeiro. Os pais da criança foram autuados por policiais da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (DCAV) por maus tratos, mas foram liberados após assinarem termo circunstanciado.

De acordo com o delegado Marcello Maia, titular da DCAV, os policiais realizavam uma ação para coibir o trabalho infantil, quando encontraram a menina carregando bandejas sujas para cozinha e atendendo clientes. Ela, inclusive, usava uma rede para evitar que cabelos caíssem na comida. Ao ser abordada pelos agentes, a menina disse que o pai a levava para trabalhar no restaurante quando estava de férias.

Os policiais filmaram a ação e levaram os pais da criança para a delegacia. Ambos alegaram que a criança apenas ajudava no restaurante e que servir as meses era como uma brincadeira para ela. Segundo o delegado, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) diz que é proibido qualquer trabalho para menores de 16 anos, exceto como aprendiz, a partir de 14 anos.

"O trabalho em um restaurante tendo acesso à cozinha, por exemplo, se equipara ao doméstico já que expõe a criança a queimaduras e agentes químicos, além de carregar maior peso que a capacidade muscular", afirmou o delegado Maia. O conselho tutelar foi acionado e os pais podem cumprir pena de até um ano e quatro meses de detenção ou pagar multa.