Reprodução
Reprodução

Homem é condenado por espancar cães em pet shop no Rio

Daniel Henrique Barroso dos Santos terá de prestar serviços comunitários; ele foi filmado em 2012 agredindo animais

O Estado de S.Paulo

02 Março 2016 | 13h54

RIO - O ex-tratador Daniel Henriques Barroso dos Santos, de 24 anos, foi condenado por maus-tratos a animais. Ele vai prestar serviços comunitários por oito horas semanais, durante três meses. Santos era responsável por dar banho nos cães no Pet Shop Quatro Patas, no Engenho Novo, na zona norte do Rio de Janeiro, e foi filmado enquanto desferia socos e tapas na cabeça dos bichos.

Nas imagens, ele aparece ainda direcionando a mangueira para o focinho dos animais, como se quisesse afogá-los. O ex-tratador alegou não ter condições de arcar com R$ 8 mil em cestas básicas e foi dispensado do pagamento.

Solange Barroso Pereira, proprietária do estabelecimento e mãe de Santos, também foi condenada. Ela terá de pagar cestas básicas no valor de R$ 2 mil à Sociedade União Internacional Protetora dos Animais (Suipa), na zona norte. Ela também se compromete a comparecer mensalmente ao cartório da 31ª Vara Criminal por dois anos.

A divulgação das imagens, em outubro de 2012, provocou revolta. Clientes e vizinhos do pet shop chegaram a cercar a loja, que teve de ser fechada. A própria Solange reconheceu o filho nas imagens e disse que não tinha conhecimento do comportamento do rapaz.

Mais conteúdo sobre:
Santos Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.