Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Brasil

Brasil » Incêndio na CSN deixa 4 trabalhadores feridos

Brasil

Tasso Marcelo/Estadão

Brasil

CSN

Incêndio na CSN deixa 4 trabalhadores feridos

Acidente ocorreu na fábrica em Volta Redonda, no Rio de Janeiro; causas do ocorrido ainda estão sendo apuradas

0

Vinicius Neder,
O Estado de S.Paulo

26 Março 2016 | 10h24

RIO - Um incêndio iniciado por volta de 22h30 de sexta-feira, 25, na fábrica da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) em Volta Redonda, no Sul Fluminense, deixou quatro trabalhadores feridos, informou a empresa em nota. 

Pelo menos uma das vítimas está em estado grave, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense. A CSN informou que os trabalhadores feridos são Wanderley dos Santos, mecânico, de 38 anos; Aluenio Alves, mecânico, de 31; Denis da Silva, operador, de 37; e Renan Martins, operador, de 29. Segundo o sindicato, Santos teve em torno de 70% do corpo queimado. Os outros três feridos tiveram de 20% a 30% dos seus corpos queimados. 

Na noite de sábado os quatro feridos começaram a ser transferidos por UTI móvel para o hospital Oeste D’Or, em Campo Grande. Inicialmente Santos seria transferido para o Hospital Federal do Andaraí, que fica na zona norte do Rio e é referência no tratamento de queimaduras. A CSN afirma que os familiares estão recebendo toda a assistência necessária e serão transportados diariamente ao hospital.

Em nota, o sindicato lamentou o acidente e informou que o diretor Carlos Santana está acompanhando o caso de perto. De acordo com a CSN, as causas do acidente estão sendo apuradas. “A companhia está acompanhando os atendimentos prestados pelo hospital e aguarda boletim médico sobre o quadro clínico dos colaboradores”, diz a nota da CSN. 

Foi o quarto acidente ocorrido na Usina Presidente Vargas no período de um ano, segundo o sindicato. Dessa vez, o problema ocorreu na área de zincagem da siderúrgica, onde as bobinas de aço são preparadas para uso por indústrias como automotiva e linha branca. “Na segunda-feira será formada uma comissão com a CSN, o sindicato e a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) para investigar as causas do acidente”, disse o diretor do sindicato, Carlos Santana.

 

 

Mais conteúdo sobre:

Comentários