Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

Interdição da Avenida Rio Branco altera percurso de blocos

Cordão da Bola Preta passará pela Avenida Presidente Antônio Carlos; já Bloco da Preta e Monobloco vão pela Presidente Vargas

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

23 Janeiro 2015 | 12h57

RIO - A Prefeitura do Rio divulgou nesta sexta-feira, 23, o plano de apoio aos desfiles dos 456 blocos que vão se apresentar pelas ruas da cidade durante o carnaval. A temporada de desfiles começou no dia 17 e vai se estender até 22 de fevereiro. Com a interdição da Avenida Rio Branco para obras de transporte, os blocos que desfilavam por ela foram transferidos.

O Cordão da Bola Preta, que deve reunir 1,5 milhão de foliões na manhã do sábado de carnaval, 14, desta vez vai desfilar pela Avenida Presidente Antônio Carlos. A concentração começará às 7h na 
Rua Primeiro de Março, altura da Rua do Rosário, e o desfile vai começar às 9h30 rumo à Avenida Beira Mar.

O Bloco da Preta, que deve reunir 300 mil pessoas no dia 8 de fevereiro, e o Monobloco, que encerra o carnaval desfilando no dia 22 com cerca de 1 milhão de foliões, vão desfilar neste ano pela Avenida Presidente Vargas, da Praça da República até a Candelária.

Os blocos de enredo, como Cacique de Ramos e Bafo da Onça, vão se apresentar na Avenida Graça Aranha.

A prefeitura vai disponibilizar 24.525 banheiros. Quem for flagrado urinando em local público pode ser detido e multado em R$ 170. 

"Claro que os banheiros terão fila, mas é preciso se programar. Quando a gente vai a festa na casa de um amigo e tem muita gente e um banheiro só, a gente espera, não faz xixi no tapete", comparou o secretário de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello.

Mais conteúdo sobre:
Carnaval Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.