Jovem morre baleado após tentativa de assalto no Rio

Raphael foi atingido nas costas e morreu no local; os criminosos fugiram sem levar nada

Idiana Tomazelli, O Estado de S.Paulo

13 Dezembro 2015 | 19h39

RIO – Um jovem morreu após ser baleado em uma tentativa de assalto na noite deste sábado, 12, na zona norte do Rio. O administrador Raphael Gonçalves Nogueira, de 28 anos, voltava do centro da cidade acompanhado da família após uma tentativa de comemorar o aniversário do rapaz - ocorrido no próprio sábado - frustrada pela chuva. Por volta de 21h20, o carro foi cercado por bandidos na altura do bairro Engenho da Rainha. Mesmo sem reagir, Raphael foi atingido nas costas e morreu no local. Os criminosos fugiram sem levar nada.

Raphael era casado havia dois meses com a advogada Juliana Pimenta, de 30 anos, que também estava no carro. Ela teria levado quatro tiros e foi socorrida ao Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, zona norte da cidade. A pedido da família, Juliana foi transferida para uma clínica particular. Também estavam no veículo na hora do assalto a mãe de Raphael, Eliana Gonçalves Nogueira, e a irmã Lisandra Gonçalves.

A Delegacia de Homicídios (DH) instaurou inquérito para apurar as circunstâncias da morte. Uma perícia foi realizada no veículo, e testemunhas foram ouvidas. A polícia aguarda agora a alta médica de Juliana para que ela possa prestar depoimento. Os agentes também estão em busca de imagens do local para auxiliar nas investigações.

Nas redes sociais, amigos do casal lamentaram a morte de Raphael e decretaram luto pelo rapaz. A irmã Lisandra publicou que o sepultamento do jovem ocorrerá nesta segunda-feira, 14, às 10h no cemitério de Irajá, na zona norte.

Mais conteúdo sobre:
Engenho Rainha Juliana

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.