Morre vítima de câncer no Rio avô do menino Sean

Raimundo Carneiro estava internado havia 40 dias no Hospital copa D´Or, em Copacabana

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

22 Março 2011 | 03h29

SÃO PAULO - Morreu no Rio, na noite de segunda-feira, 21, aos 65 anos, vítima de câncer nos pulmões, o avô do menino Sean Goldman, Raimundo Carneiro Ribeiro Filho.

 

Raimundo Carneiro estava internado havia 40 dias no Hospital Copa D'Or, em Copacabana, na zona sul da cidade. O corpo será velado e cremado nesta terça-feira no Memorial do Carmo, no Cemitério do Caju, às 14 horas. Raimundo deixa a esposa, Silvana Bianchi, o filho, Lucas, e os dois netos, Sean, 10, e Chiara, 2.

 

Desde 2009, Sean mora com o pai biológico, o norte-americano David Goldman, nos Estados Unidos. O menino foi entregue ao pai depois de uma luta judicial no Brasil pela guarda da criança. David iniciou a briga com a família brasileira depois da morte da mãe de Sean, a estilista Bruna Bianchi.

Mais conteúdo sobre:
Morte, cancêr, Sean

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.