Clarissa Thomé/Estadão
Clarissa Thomé/Estadão

Nevoeiro fecha Aeroporto Santos Dumont, no Rio, pelo terceiro dia seguido

Céu encoberto na cidade compromete voos desde o último domingo; terminal foi aberto somente por volta das 8h30

Bibiana Borba e Clarissa Thomé, O Estado de S.Paulo

30 Maio 2017 | 06h35
Atualizado 30 Maio 2017 | 09h16

RIO - O Aeroporto Santos Dumont, na área central do Rio de Janeiro, amanheceu fechado nesta terça-feira, 30, por causa do forte nevoeiro que encobre o céu da cidade. A visibilidade comprometida cancela e atrasa voos desde domingo, 28, no Rio.

Conforme a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), o terminal foi aberto por volta das 8h30 e opera com auxílio de instrumentos. Até as 9 horas, 25 voos haviam sido cancelados e 13 estavam atrasados. Somente um voo foi transferido para o Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, na zona norte.

Nesta segunda-feira, 29, o Santos Dumont demorou até em torno das 9 horas para começar a operar, e apenas com auxílio de instrumentos - 45 voos foram cancelados e cinco transferido para o Galeão até as 11h30. No domingo, 28, nenhum voo chegou ou partiu do aeroporto carioca durante oito horas; 25 voos decolaram com atraso e 47 foram suspensos.

As barcas que operam as linhas Rio-Niterói, Paquetá-Centro e Ilha do Governador-Centro operam com velocidade reduzida por causa da baixa visibilidade.

São Paulo também tem o céu encoberto por nevoeiro nos últimos dias, o que prejudicou voos principalmente nesta segunda no Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista. As condições são melhores para voos nesta terça, com operação por instrumentos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.