Tasso Marcelo/Estadão
Tasso Marcelo/Estadão

Operação no Morro do Salgueiro deixa PM e suspeito baleados

Três pessoas foram presas e um menor, detido; nas redes sociais, moradores contaram ter ouvido intenso tiroteio

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

03 Maio 2017 | 09h56

RIO - Uma operação da Polícia Militar, na manhã desta quarta-feira, 3, deixou um policial e um suspeitos baleados, no Morro do Salgueiro, na Tijuca, na zona norte do Rio de Janeiro. O policial foi socorrido no Hospital Central da Polícia Militar, no Estácio, também na zona norte. Já o suspeito foi levado para o Hospital Federal do Andaraí. Segundo a polícia, com ele, foi apreendida uma pistola.

Nas redes sociais, moradores da região contaram ter ouvido intenso tiroteio.

A operação é realizada pela Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da favela, junto com o Batalhão de Ações com Cães (BAC), para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão expedidos pela Justiça.

Até as 9h30,três pessoas haviam sido presas e um menor, detido. Segundo a assessoria da UPP, um dos homens foi preso com uma pistola e drogas, tentando fugir da comunidade.

Ônibus incendiados. Um dia após a ação de criminosos que queimaram nove ônibus e dois caminhões na região da Avenida Brasil, as vias expressas do Rio também amanheceram com o policiamento reforçado.

Há viaturas do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE), principalmente em pontos onde há entradas para favelas. Uma delas é a comunidade Cidade Alta, onde houve operação policial na terça-feira, 2, que desencadeou os incêndios aos veículos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.