Divulgação/Polícia Civil do Rio
Divulgação/Polícia Civil do Rio

Polícia do Rio divulga retrato falado de assaltantes que atropelaram grávida

Flávia Ahrends estava com o marido em uma rua da zona norte quando o casal foi atacado por dois criminosos

O Estado de S. Paulo

13 Julho 2017 | 16h18

RIO - A Polícia Civil do Rio divulgou os retratos falados de dois suspeitos de terem atropelado a gestante Flávia Ahrends, de 40 anos, na madrugada de sexta-feira, 7. Ela estava com o marido em uma rua de Higienópolis, na zona norte carioca, quando o casal foi atacado por dois criminosos. Flávia, que estava no terceiro mês de gravidez, perdeu o bebê.

Os suspeitos aparentam ter idade entre 21 e 24 anos. Imagens de vídeo mostram que Flávia foi atingida por um veículo e caiu no chão. Os criminosos então tomaram sua bolsa e roubaram a carteira do marido, Eduardo Baptista. Ele a acompanhava e também foi atropelado. Depois, os assaltantes fugiram.

Baptista foi esfaqueado no pulso. Ele tentou acudir a mulher, mas foi afastado por um dos assaltantes, que ameaçou esfaqueá-lo novamente. Seu filho, de dez anos, conseguiu fugir. O caso é investigado pela 21ª Delegacia Policial (Bonsucesso). 

A delegacia pede à população que entre em contato com a unidade caso tenha alguma informação que possa colaborar com a identificação e captura dos suspeitos. Os telefones da DP de Bonsucesso são o (21) 2334-7440 e (21) 2334-7445. As informações também podem ser repassadas ao Disque-denúncia pelo telefone (21) 2253-1177.

Veja o vídeo:

Mais conteúdo sobre:
Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.