1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Polícia prende falsa agente de talentos que sequestrou bebê no Rio

Thaise Constancio - O Estado de S. Paulo

01 Setembro 2014 | 11h 34

Mãe de recém-nascido afirmou à Polícia Civil que mulher ofereceu R$ 150 pela participação da criança em programa de televisão

Atualizado às 13h15

RIO - A mulher que sequestrou um bebê de 17 dias em Campo Grande, na zona oeste do Rio Janeiro, na última terça-feira, 26, foi apresentada nesta segunda-feira, 1º, por policiais da 35ª Delegacia de Polícia (Campo Grande). Leandra Aleluia Leal se apresentou à mãe de Kayzo, Carolaine Augusto de Souza, de 17 anos, como agente de talentos e teria oferecido R$ 150 para a participação do bebê em um programa de televisão. Ela será indiciada por subtração de incapaz, com pena de até dois anos de detenção.

Leandra se entregou à polícia acompanhada de seus advogados. Ela alegou que ficou com o bebê para ajudar a mãe que não teria condições de criar o filho. Ela também afirmou, em depoimento, que só encontrou com Carolaine na última terça-feira, quando ficou com o bebê. 

Pela versão de Leandra, Carolaine disse que tinha que dar o filho para alguém criar ou teria que abandoná-lo porque não tinha condições de ficar com ele. O depoimento contradiz as versões de Carolaine e da filha de Leandra, uma adolescente de 16 anos, que também participou da ação e não teve o nome revelado. Por ter envolvido a filha no crime, Leandra também responderá na Justiça por corrupção de menores.

Na quarta-feira, 27, depois de 30 horas longe dos pais, o Kayzo foi encontrado em uma casa em Santa Cruz, na zona oeste. Com a ampla divulgação do caso, Leandra deixou o bebê com uma prima e fugiu. A filha adolescente foi detida no mesmo dia, em Angra dos Reis, na Costa Verde fluminense.

Em depoimento, Carolaine disse que Leandra insistiu para que as duas se encontrassem. Mesmo desconfiada da proposta, a adolescente foi até o local indicado acompanhada pela cunhada. Lá, ela disse que passou mal, foi levada para um bar e deu o filho para que Leandra o segurasse. Foi quando ela fugiu do local.

Leandra sequestrou o bebê porque fingia que estava grávida e diria para a família que Kayzo era seu filho.