Divulgação
Divulgação

Sexto policial militar é morto no Rio neste ano

Marcelo Abdala foi baleado durante confronto na Rodovia Presidente Dutra, em Nova Iguaçu; outros dois PMs ficaram feridos

Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

05 Janeiro 2017 | 10h00

RIO - Mais um policial foi morto no Rio de Janeiro, no início da manhã desta quinta-feira, 5. O crime aconteceu na Rodovia Presidente Dutra, altura do km 184, em Nova Iguaçu, na região metropolitana, às 4h20. Com isso, sobe para seis o número de policiais mortos nos primeiros cinco dias deste ano no Estado.

O policial identificado como Marcelo Abdalla Neder foi morto depois que criminosos armados tentaram assaltar dois caminhões dos Correios. Após a ação, os assaltantes abordaram um outro veículo em que estavam três policiais que seguiram para o trabalho. Houve troca de tiros, e Neder foi baleado e morto. Um segundo policial também foi atingido no joelho, e o outro levou uma coronhada.

Segundo o 20° Batalhão de Polícia Militar (Mesquita), os criminosos perceberam a chegada dos policiais e deram tiros em direção ao carro em que os PMs estavam. Os ladrões roubaram a arma de um dos agentes e levaram o veículo da polícia.

O soldado morto era lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Lins. Os outros dois policiais foram socorridos no Hospital Geral de Nova Iguaçu. Um deles já recebeu alta. O batalhão também informou que realiza um cerco na região e faz buscas para tentar prender os suspeitos. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense. 

Na noite da quarta-feira, 4, um policial militar também foi morto durante um assalto à joalheria Monte Carlo do Tijuca Off Shopping, na Tijuca, zona norte do Rio. Uma mulher que estava próximo à ação também foi ferida. O crime aconteceu perto Praça Saens Peña, principal região comercial do bairro. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.