1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Tiroteio em favela com UPP deixa dois PMs e dois moradores feridos

Thaise Constâncio e Tiago Rogero - O Estado de S. Paulo

25 Agosto 2014 | 10h 08

Policiais teriam reagido a disparos de suspeitos na Vila Cruzeiro, no Complexo de Favelas da Penha, na zona norte do Rio de Janeiro

RIO - Dois policiais militares e dois moradores da Vila Cruzeiro, no Complexo de Favelas da Penha, na zona norte do Rio de Janeiro, ficaram feridos após tiroteio com bandidos na noite deste domingo, 24. Nenhum deles teve o nome revelado.

Uma equipe da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Vila Cruzeiro patrulhava por volta das 20h a localidade conhecida como Vacaria e desconfiou de dois homens que estavam em uma moto. Os policiais mandaram a dupla parar. Os suspeitos desceram do veículo e dispararam contra os policiais, que revidaram, segundo o Comando de Polícia Pacificadora (CPP).

Ainda de acordo com o CPP, em outros pontos da Vacaria, bandidos atiraram contra os policiais.

Os moradores foram levados para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, medicados e liberados em seguida. Um PM foi baleado no abdome e o outro na perna. O primeiro permanece internado no Getúlio Vargas, mas não há informações sobre seu estado de saúde. Já o segundo passa bem e foi transferido para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio, zona norte.

O Conjunto de Favelas da Penha fica ao lado do Complexo do Alemão; ambos foram ocupados juntos pelas Forças Armadas, em novembro de 2010, que posteriormente passaram o comando para a PM do Rio, por meio das UPPs.

O caso foi registrado na 22ª Delegacia de Polícia (Penha) e o policiamento segue reforçado na região.

Mais um PM morto. Neste domingo, mais um PM de UPP morreu no Rio: de folga, dois policiais da UPP da Mangueira foram atacados por uma dupla em uma motocicleta em Irajá, na zona norte da cidade. O sargento Flávio Figueiredo Lordello morreu no local. O outro PM, não identificado, foi levado para o hospital; ainda não há informações sobre seu estado de saúde. 

No Morro dos Macacos, em Vila Isabel, também na zona norte, dois PMs da UPP local foram recebidos a tiros quando faziam patrulhamento na Rua Senador Nabuco, que dá acesso à comunidade. O soldado Valter Andrade, de 29 anos, foi atingido na coxa, internado no Hospital Federal do Andaraí e seu estado é grave. O outro soldado foi atingido de raspão na cabeça e já recebeu alta.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo