Traficante líder de facção em Goiás é detido em Cabo Frio, no Rio

Criminoso foi encontrado em apartamento de luxo na região dos Lagos

O Estado de S.Paulo

07 Janeiro 2018 | 10h03
Atualizado 07 Janeiro 2018 | 21h57

Policiais civis prenderam na manhã deste domingo, 07, Stephan de Souza Vieira, o “BH”, de 34 anos, considerado o principal chefe da facção Comando Vermelho atuando no estado de Goiás. A prisão ocorreu em um apartamento de luxo no bairro Vila Nova, no município de Cabo Frio, na região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro, em uma operação conjunta da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) e da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil do Rio, com suporte da Polícia Civil de Goiás. 

No local, foram encontrados aparelhos de celular, joias, dinheiro e cadernos com a movimentação do tráfico de drogas.

+++ Terceiro motim atinge o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia

O criminoso estava foragido desde novembro do ano passado, quando escapou do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

Autoridades atribuem à ele a responsabilidade pela série de rebeliões ocorridas na unidade prisional de onde fugiu. Há uma investigação em curso para saber se houve facilitação em sua fuga naquela oportunidade. Ele é acusado também de ter ordenado uma série de assassinatos na disputa por pontos de vendas de drogas em Goiânia. 

Condenado a uma pena de 26 anos por tráfico de drogas, cumpria pena no regime semiaberto. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.