Vítimas de sequestro e bandidos ficam feridos em acidente durante fuga no Rio

Jovem de 25 anos está internada em estado grave; um dos criminosos tentou fugir do hospital

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

06 Maio 2017 | 20h20

RIO DE JANEIRO - Duas vítimas de sequestro relâmpago e três criminosos ficaram feridos após tentativa de fuga e intensa troca de tiros ocorridas na manhã deste sábado, 6, no Andaraí, na zona norte do Rio. Uma das vítimas, a professora de biologia Fernanda Pinto da Silva, 25, passou por cirurgia e está internada no CTI do Hospital Federal do Andaraí.

Fernanda e o amigo Marcelo Miranda, 30, voltavam de carro de uma festa no início da manhã quando foram abordados por três homens armados. Um taxista viu a cena e acionou a Polícia Militar. Viaturas começaram uma perseguição e houve troca de tiros. Os criminosos só pararam quando perderam o controle do veículo e bateram em um poste.

A professora estava no banco de trás, no lado mais atingido pelo impacto. “Ela teve perfuração no pulmão, perfuração no rim. Parece que tiraram um rim e o baço. Ela está no CTI”, contou a mãe de Fernanda, Eliane Duarte Amigo, em entrevista ao RJTV, da TV Globo. “Estão destruindo a vida de uma menina de 25 anos. É muita maldade, pra nada.” Marcelo Miranda também sofreu ferimentos, e seu quadro é estável.

Os criminosos foram identificados como Mateus Bastos, 18 anos, Mateus Ribeiro, 26, e José Rubens Mendes, 27. Eles também foram internados no mesmo hospital. Um deles, mesmo algemado, ainda tentou fugir, mas acabou recapturado pelos PMs.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.