Submissão

Estadão

12 Julho 2012 | 17h27

Amante de retratos antigos e colecionador de fotos de família, Marcos José Machado Coelho, de Caratinga (MG), fez uma sugestão interessante. Ele propõe discutirmos a submissão presente nas imagens antigas, patente na posição e na maneira com que cada pessoa aparecia no contexto da foto.

Pesquisador do assunto, Marcos conta que várias vezes já foi questionado sobre por que na maioria das fotos antigas o homem aparece sentado e a esposa, a seu lado de pé. Às vezes, há também filhos de pé, enquanto os pais estão sentados.

Para enriquecer o debate, ele nos enviou três imagens. A primeira foto mostra o casal Deusina Rosa Martha da Silva e Amilcar Quintella Santos. Foi tirada em 1920 ou 1921. Deusina aparece de pé, enquanto o esposo está sentado. “Como observei na maioria das fotos antigas, as pessoas que estavam de pé exibiam uma certa submissão em relação à que estava sentada”, relata Marcos.
 

Na segunda foto, aparece sentado Domingos José da Silva. De pé, está seu filho Deusaldino José da Silva. A foto foi tirada por volta de 1925 por um lambe-lambe.
 

Na terceira foto, está o casal José Acacio e esposa, Nivalda Lima de Oliveira. A foto foi tirada em um estúdio de São João do Nepomuceno (MG) por volta de 1945. Mais uma vez, observamos que os pais aparecem sentados ao centro enquanto os filhos estão de pé.

 

E o que você acha?  As posições dos retratados nas fotos refletem mesmo submissão social? Ou podem ter explicação bem mais prosaica, como a decisão do fotógrafo de tentar equilibrar as alturas e pôr simplesmente o marido sentado porque ele é mais alto do que a mulher? 

 

Mais conteúdo sobre:

filhohomemmulherpairetratosubmissão