As grandes reportagens de Reali Júnior

As grandes reportagens de Reali Júnior

Lizbeth Batista

09 Abril 2011 | 16h38

Morreu hoje,em São Paulo, o jornalista Elpídio Reali Júnior. O repórter que marcou uma época tinha 71 anos de idade, e dedicou mais de meio século ao jornalismo. Teve sua primeira experiência na área aos 16 anos, como repórter da rádio Joven Pan. Sem abandonar a rádio, passou a trabalhar  para outros meios.

Foi correspondente internacional do Estado, e  ao longo dos 38 anos em que trabalhou para o jornal realizou coberturas jornalísticas memoráveis.

O Blog do Arquivo relembra algumas de suas grandes matérias.

1973

Acidende do Boeg 707 da Varig , em Orly

..

....

O Estado de S.Paulo 12/07/1973

Em 1974 a versão apontada por Reali Jr sobre as causas do acidente .

O Estado de S.Paulo 05/07/1974


Visita do presidente Geisel à França, em 1976



O Estado de S.Paulo 29/04/1976

A repercursão internacional do projeto de Anistia brasileiro, em 1979


O Estado de S.Paulo 22/07/1979


A redemocratização da Espanha pós-Franco, 1976

O Estado de S.Paulo 21/11/1976

Os últimos meses de vida do marechal Tito, em 1980


O Estado de S.Paulo 26/03/1980

Guerra Irã-Iraque, em 1980






O Estado de S.Paulo outubro de 1980


Crise na Polônia, em 1980

Reação Soviética e a projeção política do líder operário, L. Walesa


O Estado de S.Paulo dezembro de 1980

Reali é  amplemente  conhecido por suas coberturas  sobre política internacional. Mas, como correspondente, escreveu sobre diversos temas.

Festival de Cannes, em 1979

Morte de Sarte, em 1980

O Estado de S.Paulo abril de 1980



Ouça na rádio Jovem Pan, onde Reali trabalhou, outros relatos sobre o jornalista.

#Tratamento de imagens: José Brito