Edifício Itália, marco da arquitetura paulistana

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Edifício Itália, marco da arquitetura paulistana

rosesaconi

03 de maio de 2011 | 09h00

Há 55 anos

O lançamento do Edifício Itália, até hoje um dos cartões-postais de São Paulo, foi anunciado na primeira página do Estado, no dia 3 de maio de 1956

O prédio, inaugurado em setembro de 1965, era na época o mais alto da América do Sul, com 150 metros a partir do nível da rua, 47 pavimentos, e uma das estruturas mais altas do mundo em concreto armado. De autoria do arquiteto Franz Heep, o Edifício Itália foi construído pela R.Cecchi & Cia. Ltda e atualmente é protegido pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico (Condephaat).

1967

O Terraço Itália, localizado nos 41.º e 42.º andares do prédio, só foi inaugurado em 1967 pelo prefeito Faria Lima. Nasceu como um restaurante nobre e reinava no topo do edifício, a 165 metros de altura, permitindo aos visitantes com uma vista panorâmica de 180 graus da cidade. Era a grande atração da região.

Em fevereiro de 2008, o alpinista francês Alain Robert, o Homem Aranha, escalou as paredes do edifício.

Tratamento de Imagens: José Brito

Siga o Arquivo Estadão: Twitter@arquivo_estadao e Facebook/arquivoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

1956Edifício ItáliaTerraço Itália

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.