Em 1975, o salto de João do Pulo que entrou para a história

Em 1975, o salto de João do Pulo que entrou para a história

rosesaconi

15 Outubro 2011 | 09h30


Foto: Claudine Petroli/AE

João Carlos de Oliveira virou João do Pulo quando se transformou em atleta de sucesso ao bater o recorde mundial do salto triplo, nos Jogos Pan-Americanos do México, no dia 15 de outubro de 1975. Com 21 anos de idade, João saltou 17,89 metros e superou em quase meio metro a marca anterior que pertencia, desde 1972, ao soviético Vitor Saneyev.

O salto foi perfeito, mas um susto para quem assistia de perto. No último impulso, João parecia deslizar no ar quando bateu o pé esquerdo na pista do estádio Olímpico e depois, com os dois pés juntos, deixou na areia a marca do recorde mundial. “Ele mostrou que é um fenômeno”, declarou na época ao Estado Ademar Ferreira da Silva, o primeiro brasileiro que bateu o recorde mundial na mesma modalidade.

Pesquisa e Texto: Rose Saconi
Tratamento de Imagens:
José Brito

Siga o Arquivo Estadão: Twitter@arquivo_estadao e Facebook/arquivoestadao

Mais conteúdo sobre:

1975AtletismoEsportesJoão do Pulo