Estado mostrava uso militar das aeronaves, em 1911

Estado mostrava uso militar das aeronaves, em 1911

Lizbeth Batista

10 de junho de 2011 | 08h19

Em 10 de junho de 1911, o Estado já alertava “Não é impossível que a aviação mais cedo ou mais tarde venha a se tornar um meio de guerra.” O esboço de um mapa acompanhava a constatação.

Sabbado, 10 de junho de 1911

O desenho, feito por um artista inglês a bordo de um avião, buscava retratar uma área sobrevoada. A imagem logo abaixo é o mapa retocado, que prova a eficiência de um voo de reconhecimento.

Acompanhando com frequência os avanços da aviação, o Estado trazia regularmente matérias sobre aviadores e suas máquinas.  Informava sobre as mais diversas competições realizadas pelo globo.  Tratava de questões relativas às fronteiras nacionais e a determinação do espaço aéreo das Nações. E discutia as diferentes aplicações para as máquinas aéreas.

Entre as possibilidades de uso da aviação, a utilização militar de aeroplanos sempre foi uma área amplamente explorada.

Os aeroplanos foram inicialmente usados para exploração e observação.

A primeira vez em que aviões foram utilizados numa batalha, numa ação ofensiva, foi em 1911, na Guerra Ítalo-Turca.

Quando aviões e dirigíveis do Corpo Aéreo Italiano bombardearam um acampamento turco em Ain Zara, na Líbia.

Pesquisa e Texto: Lizbeth Batista
Siga o Arquivo Estadão: twitter@estadaoarquivo e facebook/arquivoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

1911AviaçãoAviação MilitarGuerra

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: