Há 20 anos, o tricampeonato de Senna

Há 20 anos, o tricampeonato de Senna

rosesaconi

20 Outubro 2011 | 09h30

Na madrugada daquele domingo, 20 de outubro de 1991, milhões de torcedores e fãs da Fórmula 1 acompanharam pela TV o piloto brasileiro, já com o título assegurado desde as primeiras voltas, deixar de vencer o GP do Japão a poucos metros da linha de chegada.

“Foi uma forma de retribuir a ajuda que Gerhard Berger me deu no campeonato”, afirmou Ayrton Senna, para explicar por que tirou o pé do acelerador para que o companheiro da equipe McLaren ganhasse a prova em Suzuka. Senna cruzou a linha em segundo lugar, 344 milésimos atrás de Berger e conquistou seu terceiro título mundial na F1.

“Correr é a minha vida. Para mim não serve 99%, quero 100%.O limite está na totalidade…Eu nunca considero a possibilidade de um acidente.” Ayrton Senna em entrevista após o GP do Japão, em 1991.

Pesquisa e Texto: Rose Saconi
Tratamento de Imagens:
José Brito

Veja também:

# Há 25 anos, dobradinha Piquet e Senna no pódio

# Senna vence pela primeira vez no Brasil

Siga o Arquivo Estadão: Twitter@arquivo_estadao e Facebook/arquivoestadao

Mais conteúdo sobre:

1991Ayrton SennaEsportesFórmula 1