Há cem anos, a Telephonica de SP anuciava novas ofertas e planos para seus assinantes

Há cem anos, a Telephonica de SP anuciava novas ofertas e planos para seus assinantes

Lizbeth Batista

08 Abril 2011 | 12h37

A edição de 08 de abril de 1911 do Estado trazia informações sobre as novas taxas e serviços da Companhia Telephonica do Estado de S.Paulo.

Numa carta, o gerente da Telephonica do Estado de S.Paulo comunicava aos seus “assignantes” que a empresa passava a oferecer chamadas de São Paulo para Santos por 2$ réis por 5 minutos de conversa.

Sabbado , 08 de abril de 1911

Para maior comodidade, seus clientes poderiam comprar o pacote de 10 conversas, nos escritórios da Companhia.

A Companhia Telephonica ampliou seus serviços para servir às demandas dos clientes paulistas.

Em março de 1884 passou a oferecer serviços noturnos. Em dezembro, do mesmo ano,  inaugurou a linha telefônica entre a capital e Santos, ligando as duas maiores praças de comércio de S.P.

 O Estado de S.Paulo 1884

O investimento em novos mercados trouxe altos lucros para a Telephonica, que em dezembro de 1889 adquiriu as centrais da Companhia de Telegraphos Urbanos, tornando-se a empresa  responsável pelos serviços de telefonia em todo o estado.

O Estado de S.Paulo 1889

Pesquisa e Texto: Lizbeth Batista
Siga o Arquivo Estadão: twitter@arquivo_estadao e facebook/arquivoestadao