Há cem anos, exército americano fazia da Colt sua pistola oficial

Há cem anos, exército americano fazia da Colt sua pistola oficial

Lizbeth Batista

02 Abril 2011 | 07h18

A edição de 02 de abril de 1911 do Estado trazia  uma notícia sobre a nova arma adotada pelo departamento de guerra dos Estados Unidos. Quarto modelo  calibre 45 da Colt, a pistola semi-automática Colt M1911 foi criada por John M. Browning em 1911.

Em 29 de março de 1911, o Exército dos Estados Unidos fazia da Colt sua arma oficial.  Em 1913 foi adotada pela Marinha, tornando-se a arma padrão das Forças Armadas americanas.  Esteve presente em  todos os fronts  americanos de 1911 até 1985 e foi largamente utilizada nas duas Grandes Guerras, na Guerra da Coreia e na Guerra do Vietnã.

Ao longo do século 20 , para atender à demandas militares específicas, a Colt  desenvolveu novos  pra a M1911. Manteve, assim, seu posto junto ao Exército americano por mais de meio século.  Foi aposentada em janeiro de 1985, substituída pela Beretta 92.

Mesmo na reserva, a Colt M1911 pôde ser vista em serviço em operações militares nos anos 90 e 2000. Foi usada na Operação Tempestade do Deserto  em 1991, e é usada na Guerra do Iraque  e na Guerra do Afeganistão pelas Forças Especiais do Exército americano, e em missões de reconhecimento.

Pesquisa e Texto: Lizbeth Batista
Siga o Arquivo Estadão: Twitter@arquivo_estadao e Facebook/arquivoestadao