Lágrimas por Daniel Piza

Lágrimas por Daniel Piza

Edmundo Leite

31 de dezembro de 2011 | 13h20

Sempre que alguém faz um tour para conhecer onde são produzidos os jornais e o portal, uma pequena salinha no corredor lateral da redação chama a atenção dos visitantes. Transbordando das prateleiras e alcançando o teto, em pilhas se erguendo do chão em cada espaço disponível, ocupando cada centímetro na mesa, os livros se alastram pelo diminuto espaço. Apenas parte de uma das paredes foi preservada da proliferação literária. No espaço livre, um pôster do filme Pelé Eterno. Assim é a sala de Daniel Piza na redação do Estadão.

Livros, futebol e cinema. O espaço reservado a cada um na salinha dá uma pista do que fazia a cabeça do jornalista e escritor. Mas seria injusto dizer que uma paixão estava acima das outras. Todas se entrelaçavam quando uma parecia se sobressair. As artes, em qualquer dos seus suportes, eram um fascínio e assunto sempre presente em seus textos em jornal, livro, rádio, blog, televisão e onde quer que pudesse se expressar. Não só em palavras. Mas também em gestos. Relatos das peladas da firma dão conta que no futebol fazia gols com a mesma desenvoltura e na mesma quantidade que escrevia.

Homem de seu tempo, não fez como muitos que amam as letras mas não entenderam as possibilidades da tecnologia e continuam a desprezá-la. Há muito, colocou toda a sua produção em um site próprio. Jovem, produziu como poucos de sua geração, e de outras também. Está tudo lá para quem quiser ver.

Assim como a sua salinha no Estadão, que mais cheia não estava por conta da distribuição de livros que periodicamente fazia na redação, o que tinha a dizer Daniel Piza parecia não caber em todos os espaços que dispunha.

 Texto de estreia no Estadão

Caderno 2 – 20/6/1991

 Clique na imagem para ler a íntegra

 Estreia da coluna Sinopse

Caderno 2 – 14/5/2000

O último texto no Estadão

Caderno 2 – 25/12/2011

Pesquisa e texto: Edmundo Leite

Siga o Arquivo Estadão: Twitter@arquivo_estadao e Facebook/arquivoestadao

Tudo o que sabemos sobre:

Daniel Piza

Tendências: