Máscara sinistra: série nos cinemas há século

Máscara sinistra: série nos cinemas há século

Edmundo Leite

11 de abril de 2020 | 19h29

Os filmes ainda eram mudos em 1920. Mas São Paulo já contava com uma ampla rede de salas de cinemas há um século, como mostram as páginas do Estadão daquele época. Em 11 de abril de 1920, um dos destaques da programação era um “film em série”: ‘A Máscara Sinistra’, com Antonio Moreno, o “actor-athleta“, e Carol Halloway, “a graciosa e arrojada heroína dos famosos films da Vitagraph”.

Com os episódios iniciais ‘O Anel de Fogo’ e ‘O Carro Funesto’, o filme era descrito no anúncio como um “drama das mais arriscadas e impressionantes aventuras com momentos de temeridade extrema e desprezo pela vida, que cortam a respiração do espectador.”

> Veja o jornal completo de 11/4/1920

# Acervo Estadão

Todas edições | Censuradas | Tópicos | Pessoas | Lugares | Notícias | Capas da História

Tudo o que sabemos sobre:

Cinema

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: