Mubarak, o escolhido, pelo ‘caminho da paz’

Mubarak, o escolhido, pelo ‘caminho da paz’

Edmundo Leite

11 de fevereiro de 2011 | 18h20

Após 30 anos no poder egípcio, Hosni Mubarak caiu. Há três décadas, em outubro de 1981, a crise que levou Mubarak ao poder após o assassinato do presidente Anuar Sadat era o destaque nas capas do Estadão.

14 anos depois, em 1995,  Mubarak voltava a ser destaque ao sobreviver a um atentado. Na época, em junho de 1995, o Estadão lembrava que o presidente egípcio já havia escapado ileso de oito ataques terroristas. Desta vez, não conseguiu resistir e sucumbiu à pressão popular.

Tudo o que sabemos sobre:

Anuar SadatEgitoHosni Mubarak

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.