No exílio, morre João Goulart

No exílio, morre João Goulart

rosesaconi

06 de dezembro de 2011 | 10h09

Há 35 anos

O ex-presidente João Goulart morreu de infarto, aos 47 anos de idade, em sua fazenda, na Argentina, 12 anos depois de ter deixado o Brasil para se asilar no Uruguai.

Jango assumiu a presidência em 7 de setembro de 1961, sob o regime parlamentarista, e governou até o Golpe de 64, em 1º de abril. Seu mandato foi marcado pelo confronto entre diferentes políticas econômicas para o Brasil, conflitos sociais e greves urbanas e rurais.  Nos últimos meses de vida, Goulart procurava saber se poderia retornar ao Brasil. Morreu com a garantia de que não poderia.

Foto: Arquivo/AE

Pesquisa e Texto: Rose Saconi
Tratamento de Imagens:
José Brito

Siga o Arquivo Estadão: Twitter@arquivo_estadao e Facebook/arquivoestadao

Mais conteúdo sobre:

1976JangoJoão Goulart