O Teatro está de luto, morre Sérgio Britto

O Teatro está de luto, morre Sérgio Britto

Lizbeth Batista

17 de dezembro de 2011 | 18h55

O Estado de São Paulo, 25/02/2003

Morreu, neste sábado, no Rio de Janeiro, um monstro da dramaturgia nacional. Sérgio Britto foi ator de teatro, teleteatro, cinema e novelas; diretor de teatro e ópera.

Sua primeira grande estréia foi em 1948, no Teatro Municipal do Rio, com uma peça clássica de Shakespeare, Hamlet. Nela, o legendário Sérgio Cardoso desempenhava o papel de Hamlet, enquanto Britto, então recém formado em medicina, interpretava o rei.

Foi durante a temporada deste espetáculo, também encenado em São Paulo, que Sérgio teve sua verdadeira vocação confirmada. Nunca chegou a pegar seu diploma de medicina, entregou-se completamente a sua paixão, as artes cênicas.

Anos depois, em entrevista ao Estado, confessou : “Hamlet transformou minha vida”.

 

O Estado de S.Paulo, 31/05/2005
O Estado de São Paulo, 15/07/2007

Pesquisa e Texto: Lizbeth batista

Siga o Arquivo Estadão: Twitter@arquivo_estadao e Facebook/arquivoestadao

 

 

Mais conteúdo sobre:

Artes CênicasSérgio BrittoTeatro