Há cem anos, Polícia de SP adotava sirenes nas viaturas

Há cem anos, Polícia de SP adotava sirenes nas viaturas

Lizbeth Batista

26 Abril 2011 | 10h43

O Estado de 26 de abril de 1911 trazia a notícia da instalação de um novo dispositivo nas viaturas policiais.

O aparelho chamado de “sereia” na nota-  numa tradução livre do inglês ou do francês- vinha para facilitar o trabalho da polícia.

Entre nós esse dispositivo  ficou  conhecido como sirene.

Quarta-feira, 26 de abril de 1911

A nota explicava que as “sereias” serviriam para distinguir os automóveis da polícia dos demais veículos. Facilitando o trajeto delas durante uma diligência, ou sinalizando a abordagem a algum veículo.

A novidade foi informada pelo prefeito municipal em edital.

No mesmo edital era informada a punição para os condutores que não pararem ao sinal das “sereias”, multas que chegariam  até 50 $ réis.

Pesquisa e Texto: Lizbeth Batista
Siga o Arquivo Estadão: twitter@estadaoarquivo e facebook/arquivoestadao