Assinado o Convênio de Taubaté

Assinado o Convênio de Taubaté

rosesaconi

26 de fevereiro de 2011 | 08h14

Há 105 anos

Em 1906 o Brasil passava por uma crise de excesso de produção de café.  Para solucionar o problema, os presidentes dos estados de São Paulo, Jorge Tibiriça, de Minas Gerais, Francisco Sales e do  Rio de Janeiro, Nilo Peçanha,  reuniram-se na cidade de Taubaté para a criação de uma política oficial de valorização do produto.

No dia 26 de fevereiro assinaram, então, o Convênio de Taubaté. Pelo acordo, a fim de evitar a queda de preço, os governos estaduais interessados deveriam contrair empréstimos no exterior para adquirir parte da produção que excedesse o consumo do mercado internacional. Dessa maneira, a oferta ficaria regulada e o preço poderia se manter estável.

Tudo o que sabemos sobre:

1906caféConvênio de Taubaté

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.