Santos e Peñarol revivem  final de 62

Santos e Peñarol revivem final de 62

rosesaconi

15 de junho de 2011 | 15h46

Santos e Peñarol fazem hoje à noite o primeiro jogo da final da Copa Libertadores de 2011, repetindo  a mesma decisão que protagonizaram há 49 anos, em 1962.

Numa página  que também tinha como destaque uma apresentação de “cestobol” dos Harlem Globettrotters no Ibirapuera, o Estado destacava as boas condições do time santista, mesmo desfalcado de Pelé:

“O clube brasileiro projetou-se ultimamente como um dos melhores quadros do mundo e, mesmo impossibilitado de contar com Pelé, que ainda se encontra afastado em virtude da distensão muscular que sofreu durante a disputa do Campeonato Mundial de Futebol, no Chile, reúne condições para vencer”.

Veja amanhã e nos próximos dias mais páginas dos jogos finais da Libertadores de 1962

Tratamento de imagens: César Augusto Franciolli

Siga o Arquivo Estadão: Twitter@arquivo_estadao e Facebook/arquivoestadao

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.