Um Portinari retrata a fundação de um jornal

Um Portinari retrata a fundação de um jornal

Edmundo Leite

08 Fevereiro 2012 | 10h38

Pouco antes de iniciar a pintura do histórico painel Guerra e Paz, em exposição no Memorial da América Latina, o pintor Candido Portinari concluia um trabalho de dois anos: a pintura do quadro “Os Fundadores do jornal O Estado de S.Paulo”.

Realizada entre 1950 e 1952, a obra foi encomendada para a inauguração da então nova sede do jornal, na rua Major Quedinho, no centro da cidade, em 1953.

“Fundadores” ficou no salão nobre do prédio, que ainda contava com trabalhos de Clóvis Graciano e Di Cavalcanti, até 1976, quando o jornal se transferiu para a atual sede, no bairro do Limão, onde o Portinari permanece em destaque no hall de entrada.


Os Fundadores do jornal O Estado de S.Paulo - Portinari

 O Estado de S. Paulo – 04/8/1953

Festa de inauguração da sede na rua Major Quedinho em 1953

  O Estado de S. Paulo – 17/10/1986

A obra foi restaurada por Maria Helena Chartuni

O quadro na atual sede

Leia também:
# Antes da ONU, Portinari já havia conquistado os EUA

Pesquisa e Texto: Edmundo Leite, Carlos Eduardo Entini e Lizbeth Batista
Siga o Arquivo Estadão: twitter@estadaoarquivo e facebook/arquivoestadao