Villa Lobos impressiona no encerramento da Semana de 22

Villa Lobos impressiona no encerramento da Semana de 22

Edmundo Leite

17 Fevereiro 2012 | 18h09

A música do maestro e compostitor Villa Lobos foi a grande atração do encerramento da Semana de Arte Moderna de 1922.  No dia seguinte à apresentação, o Estadão noticiava o misto de admiração e estranhamento que a execução da obra causou na plateia do Teatro Municipal.

 “As peças executadas impressionaram bastante o auditorio, embora seja difficil, numa primeira audição, apreciar todas as qualidades do compositor. Naturalmente, pelo seu incontestável valor, essas obras serão executadas em S. Paulo, em circustâncias que melhor permitam a sua comprehensão pelo público. O jovem e talentoso musicista receberá então o justo premio devido ao seu talento.”

O Estado de S.Paulo – 17/2/1922

O Estado de S.Paulo – 18/2/1922

Leia também:
# A propósito da exposição Malfatti, por Monteiro Lobato
# A semana de 22: antes e depois
# Semana de 22: ‘outros horrores vos esperam’
#Mário de Andrade e a Semana de 22: como tive coragem?

Pesquisa: Edmundo Leite
Siga o Arquivo Estadão: twitter@estadaoarquivo e facebook/arquivoestadao