Buracos colocam em risco motoristas que transitam por via da zona leste de SP

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Buracos colocam em risco motoristas que transitam por via da zona leste de SP

SPTrans informa que realizou o reparo na faixa exclusiva de ônibus da Avenida Águia de Haia; subprefeitura Penha esclarece que realizou mutirão de zeladoria na região

Renata Okumura

03 de junho de 2019 | 16h20

SÃO PAULO – Quem anda de carro ou de ônibus na avenida Águia de Haia, entre a avenida Campanella e a avenida Imperador, na zona leste da capital paulista, relata os riscos e desconfortos enfrentados diariamente.

Buraco e asfalto irregular tiram tranquilidade de motoristas na Avenida Águia de Haia. Foto: Renata Okumura

Em um curto trajeto da via, foi possível contabilizar mais de 10 buracos. “Buracos na faixa de ônibus e também na faixa de carros. Isso ocorre nos dois sentidos. É perigoso porque alguns motoristas se assustam e tentam desviar, principalmente à noite”, disse a analista de Recursos Humanos Camila Alves.

A SPTrans informou que realizou o reparo na faixa exclusiva de ônibus da avenida Águia de Haia e salienta que realiza de forma permanente a manutenção nas faixas e corredores exclusivos.

“A grande quantidade de chuva, bem como sua intensidade, tem ocasionado o surgimento de novos buracos, sendo que a SPTrans trabalha para efetuar o reparo no menor prazo possível. O munícipe pode solicitar reparos do tipo por meio da Central 156 ou pelo Portal de Atendimento SP156“, destacou a nota.

“Há muitos buracos na avenida Águia de Haia. Mas é preciso consertar direito porque buracos voltam a abrir. Não é exagero, mas da Avenida Campanella até as proximidades do Terminal AE Carvalho, há um buraco a cada 100 metros. À noite é ainda pior, receio de pneu estourar ou provocar acidente”, afirmou a aposentada Maria Amélia.

Além disso, há buracos em ruas paralelas à Águia de Haia, entre elas, a rua Terra Brasileira e rua Taperuçu. Ambas entre o Metrô Artur Alvim e a Avenida Imperador.

A Subprefeitura Penha informa que realizou um mutirão de zeladoria na região. Os reparos necessários, incluindo tapa-buraco, foram realizados.

Matagal

Moradora relata que o mato está tomando conta da calçada da rua General Nestor Passos, na altura do número 99, no Mandaqui, na zona norte da cidade.

“O problema não é novo e vai se estendendo. O mato está crescendo e tomando conta da calçada, fazendo com que o munícipe ande na rua”, disse Luciana Tomé.

A Subprefeitura Santana informou que vistoriou a rua General Nestor Passos, no Mandaqui e que o reparo na calçada foi realizado ainda em maio.

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Tudo o que sabemos sobre:

Buracoszona lestequeixa

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: