Buracos em vias podem provocar acidentes, relatam moradores
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Buracos em vias podem provocar acidentes, relatam moradores

Motoristas relatam prejuízos nas rodas dos carros ao passar pelas ruas danificadas nas zonas leste e oeste da capital

Ludimila Honorato

31 de outubro de 2018 | 12h54

Moradores de diferentes regiões da capital paulista se queixam que buracos em vias públicas representam riscos para os veículos. O Blitz Estadão já contou sobre as dificuldades enfrentadas por pedestres que também circulam por calçadas e ruas esburacadas.

Desta vez, Camila Alves reclama de um buraco que está aberto há quase um ano na Avenida do Imperador, em frente ao Terminal A.E. Carvalho, sentido São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo. “Quase estraguei a roda do carro”, diz a moradora que vive há 30 anos na região. A Subprefeitura São Miguel informa que realizou o serviço de tapa-buraco na via na última sexta-feira, 26, após um pedido de resposta enviado pela reportagem.

Avenida do Imperador, próximo ao Terminal A.E. Carvalho, na zona leste de SP. Foto: Renata Okumura/Estadão

A moradora Lucila Pazzanese enfrentou um problema maior na Rua General Almério de Moura, na Vila Morumbi, zona oeste da capital. “Já quebrei a roda do carro e rasgou o pneu completamente. No site da Prefeitura, dão prazo de 45 dias para consertar”, diz. A Subprefeitura Butantã afirma que realizará o serviço de tapa-buraco na rua em questão nesta semana.

Também no Morumbi, na Vila Suzana, o morador Sílvio Laurino relata que o esburacamento da Rua Júlio Garita, perto do número 51, está ficando pior devido à água que escorre de um bueiro entupido no local. “​Uma água podre e mal cheirosa está se acumulando no local e correndo para o meio da rua. O problema está se agravando dia a dia, porque, também, não há varrição na rua, que está coalhada de folhas secas”, conta.

Contatada pela reportagem, a Sabesp diz que esteve no local na manhã de sexta-feira, 26, e constatou que a rede coletora de esgoto está operando normalmente. Assim, o caso não seria de responsabilidade da companhia. A Subprefeitura Campo Limpo, que coordena a região, afirma que realizou os serviços necessários na Rua Júlio Garita nesta semana.

Serviços da Prefeitura na Rua Júlio Garita. Foto: Enviada pela Secretaria Municipal das Prefeituras Regionais

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9 7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Tudo o que sabemos sobre:

Buracostapa-buracosBlitz Estadão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.