As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Ciclofaixas de lazer serão suspensas durante o feriado de carnaval; Paulista permanecerá aberta

Vale lembrar que os desfiles de blocos de rua alteram o trânsito da cidade até o dia 10 de março; moradores da região pedem respeito aos foliões

Renata Okumura

01 de março de 2019 | 11h13

SÃO PAULO – Em razão do carnaval de rua e a fim de agilizar os desvios no trânsito, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informa a suspensão das ciclofaixas de lazer neste feriado.

Além disso, a Avenida Paulista permanecerá aberta para o trânsito de veículos. A operação Paulista Aberta, que abre o local para os pedestres e bicicletas, será suspensa no domingo, 3, na terça-feira, 5, e no domingo, 10.

O pedido feito pelo Ministério Público do Estado de São Paulo tem como objetivo “preservar a fluidez do tráfego e vias de acesso e rotas de eventuais emergências, durante o período do carnaval de rua”.

O programa destinado aos pedestres e ciclistas só voltará a funcionar no dia 17 de março, quando a circulação de veículos será interrompida das 10h às 18h.

No dia 3 de março:
– ciclofaixa Parque do Povo/Parque Villa Lobos

Nos dias 3, 5 e 10 de março:
– ciclofaixa Paulista
– ciclofaixa Centro: Rua da Consolação, Rua Xavier de Toledo, Praça da Sé, Rua Líbero Badaró e Rua Boa Vista.

Nestes dias, também não serão ativadas as ciclofaixas nas seguintes vias:
– Avenida Bernardino de Campos
– Rua Vergueiro
– Avenida Doutor Noé de Azevedo
– Rua Domingos de Moraes
– Avenida Jabaquara
– Avenida Indianópolis
– Avenida República do Líbano
– Avenida Brasil
– Avenida Jornalista Roberto Marinho
– Rua Funchal
– Rua Henrique Chama
– Rua São Tomé
– Rua Raja Cabaglia
– Avenida Hélio Pellegrino
– Rua Olimpíadas
– Rua Fiandeiras
– Avenida Brigadeiro Faria Lima
– Rua Gomes Carvalho
– Rua Inhambu

No dia 5 de março:
– ciclovia da Avenida Engenheiro Luis Carlos Berrini estará interrompida em função dos desfiles dos blocos.

No dia 10 de março:
– ciclofaixa Santana – Avenida Santos Dumont entre a Braz Leme e Avenida General Pedro Leon Schneider e Avenida General Ataliba Leonel entre Rua Dr. Zuquim e Rua Voluntários da Pátria.

As ciclofaixas operacionais de lazer funcionam geralmente aos domingos e feriados nacionais, das 7h às 16h. Porém, em virtude da realização de desfiles de diversos blocos carnavalescos pelas vias da cidade, durante os quatro dias de carnaval, as especificadas acima não serão montadas.

Para mais informações, acesse o site.

RELEMBRE:

Prefeitura estima 12 milhões de pessoas no carnaval de rua de São Paulo de 2019 Foto: Tiago Queiroz/ Estadão

Quem mora perto de regiões onde acontecerão os tradicionais desfiles de carnaval de rua também precisa se programar para sair de casa seja de carro ou de ônibus. A CET informa que algumas vias permanecerão bloqueadas em razão da passagem dos blocos.

Ao todo, 516 blocos estão previstos para desfilarem até 10 de março. O número representa um aumento de 12,4% em relação ao ano anterior, que teve 459, e é o triplo de 2014 (172 inscritos), primeiro ano da regulação do evento na capital paulista. O público estimado é de 12 milhões para os oito dias de programação.

No último fim de semana, a prefeitura multou 46 pessoas por urinar na rua, quando desfilaram pela cidade 196 blocos carnavalescos em 29 Subprefeituras. Os desfiles se concentraram nas regiões da Sé, no centro, Vila Mariana, na zona sul, Pinheiros e Lapa, na zona oeste.

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Tendências: