Falta de iluminação causa insegurança na zona oeste de SP
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Falta de iluminação causa insegurança na zona oeste de SP

Comerciantes de Cerqueira César relatam a ocorrência de assaltos na região

Renata Okumura

25 Abril 2017 | 17h00

SÃO PAULO – A ‘Blitz Estadão’ esteve nesta terça-feira, 25, em Cerqueira César, na zona oeste de São Paulo. A principal reclamação de moradores e comerciantes da região é sobre a iluminação pública precária, principalmente nas ruas Estados Unidos e Melo Alves, o que aumenta a incidência de assaltos na área. Esse quadro se agrava ainda mais em dias de chuva, segundo Neide Marques da Silva, dona de uma banca de jornal. Ela trabalha há mais de um ano na região e relata o clima de insegurança quando chega durante a madrugada.

Neide Marques da Silva é dona de uma banca no bairro Cerqueira César (Foto: Renata Okumura)

Neide Marques da Silva é dona de uma banca no bairro Cerqueira César (Foto: Renata Okumura)

“Chego por volta das 5 horas todos os dias e a iluminação é muito ruim. Já acompanhei casos de assaltos. Tenho clientes que foram assaltados nessa região por causa da má iluminação. A vigilância também é precária. Quando chove, as árvores caem, derrubam a fiação e ficamos sem luz na região”, explica Neide.

Confira o depoimento de Gustavo da Silva Medeiros

Gustavo da Silva Medeiros trabalha na região (Foto: Renata Okumura)

Gustavo da Silva Medeiros trabalha na região (Foto: Renata Okumura)

Ao percorrer as ruas do bairro Cerqueira César, a ‘Blitz Estadão’ constatou que há muitos estabelecimentos comerciais nas proximidades. Gustavo da Silva Medeiros trabalha em um estacionamento que já foi assaltado. “É muito perigoso à noite. O estacionamento foi assaltado enquanto estava outro rapaz aqui. Precisa de mais fiscalização policial porque não tem muita iluminação”, disse.

Bairro Cerqueira César (Foto: Renata Okumura)

Bairro Cerqueira César (Foto: Renata Okumura)

Outro problema relatado por moradores e comerciantes da região é a quantidade de árvores sem poda.  “As árvores precisam ser podadas porque é muito perigoso o contato com os fios quando chove”, acrescentou Medeiros.

No fim de janeiro, após um forte temporal na capital paulista, o Corpo de Bombeiros atendeu 97 ocorrências relacionadas à queda de árvores.

Outro lado. O Departamento de Iluminação Pública de São Paulo (ILUME) informa que, desde o início da nova gestão, está realizando vistorias de avaliação em diversas avenidas da cidade para detectar  os chamados ‘pontos escuros’ existentes no município. “De posse das avaliações, estaremos,  mediante projetos de ‘eficientização e/ou remodelação’  de iluminação, resolvendo estes problemas de déficit de iluminação nas diversas regiões da cidade. A Rua Estados Unidos está entre as vias que serão visitadas pela equipe de projetos de ILUME”, esclarece a nota.

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o e-mail blitzestadao@estadao.com.

Notícias relacionadas