Feira de Trocas orienta moradores sobre consumo consciente
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Feira de Trocas orienta moradores sobre consumo consciente

Programa Ruas Abertas recebe no próximo domingo o projeto Trocaí na Avenida Sumaré das 11h às 16h

Renata Okumura

23 Novembro 2017 | 17h12

SÃO PAULO – Embora seja uma prática incorreta, é muito comum encontrar móveis, roupas e até objetos antigos descartados pelas ruas da cidade. Atenta a importância de criar hábitos saudáveis com relação ao local em que vivemos, entidade cria iniciativa positiva para a cidade.

Moradores da zona oeste da cidade recebem atração que aborda o consumo consciente. No próximo domingo, 26, o Trocaí estará no evento #SumaréAberta que irá ocorrer na Avenida Sumaré, na praça Márcia Aliberti Mammana, das 11 horas até às 16 horas.

Avenida Sumaré Foto: Renata Okumura

Ana Borges já esteve em outras edições da feira e pretende participar neste ano novamente. “Sempre acho algo interessante. Tento ser consciente em relação ao que consumo e os eventos são uma chance de ter algo diferente sem gastar tanto os meus recursos como os do planeta. Já levei para os eventos roupas e sapatos que nunca havia usado, acessórios e livros. Sempre há no guarda-roupa alguma peça para desapegar”, destacou ela.

O Trocaí surgiu em 2015 durante uma conversa entre amigos sobre o comportamento das pessoas em relação aos gastos, uma reflexão sobre o meio ambiente e como seria possível fazer melhores escolhas.

“O diferencial da nossa feira é que aceitamos objetos e não somente roupas. As pessoas podem levar objetos pequenos, roupas, acessórios, livros e brinquedos. Podemos dizer que, ainda, 80% das pessoas levam roupa para troca, mas já tivemos de tudo: cavaquinho, aspirador de pó, computador, ferro de passar roupa e quadros”, destacou Damaris Adamucci, uma das organizadoras do Trocaí.

Foto: Divulgação

O evento conta ainda com palestras sobre o consumo consciente. “Percebemos que quando a pessoa tem uma experiência positiva e consegue fazer pequenas mudanças no seu dia a dia ou à sua volta, é aí que a transformação realmente acontece. E uma vez que você entende o conceito do consumo consciente, você aplica para tudo na sua vida – desde alimentação à casa que você mora. Por isso, o Trocaí oferece não só a feira de trocas, mas também oficinas e workshops para adultos e crianças nos quais eles colocam em prática o consumo consciente e aprendem a fazer melhores escolhas, a reaproveitar materiais que seriam jogados no lixo e também saber descartar aquilo que realmente não tem mais utilidade”, reforçou Giovana Cuginotti, que também atua no Trocaí.

O objetivo principal é gerar uma transformação nos hábitos da população. “A troca é uma das formas de ressignificar algum item ou roupa que tenha parado em casa e que queira circular e, por isso, acreditamos que uma vez que as pessoas entendam isso, elas começam a rever seus hábitos de consumo, a forma como descartam lixo e começam a repensar suas escolhas mesmo”, finalizou Giovana.

Organizado pela ONG Minha Sampa, o evento #SumaréAberta também conta ainda com atrações musicais e artísticas durante o dia todo na Avenida Sumaré.

Para mais informações sobre o Trocaí, acesse a página do facebook.

Terreno abandonado cuidado por moradores do Tremembé Foto: Renata Okumura

Boa Vizinhança. Tem alguma iniciativa em seu bairro que vale destacar? Um grupo de vizinhos fez uma ação legal que pode ser aplicada em outros locais? Conte para nós a sua experiência. Use a hashtag #estadaoboavizinhanca no Instagram com a foto ou vídeo que você quer compartilhar. Elas vão aparecer em um mapa interativo no ‘Estadão’. Não esqueça de marcar o local da imagem (ativar a geolocalização de seu aplicativo).

Blitz Estadão. Caso queira compartilhar alguma reclamação em seu bairro, mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Mais conteúdo sobre:

TrocaíConsumo conscienteSumaré