AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Moradores cobram a retirada de planta venenosa no bairro Cerqueira César

Segundo munícipes, o arbusto pode provocar cólicas e diarreias; prefeitura fará a remoção em duas semanas

Renata Okumura

17 de junho de 2019 | 16h12

SÃO PAULO – Moradores estão receosos com a presença de uma planta tóxica no cruzamento da Rua da Consolação com a Alameda Itu, no bairro Cerqueira César, na capital paulista.

“A Trombeta de Anjo é um arbusto considerado tóxico que pode produzir efeitos de cólicas, diarreia e até a morte. Está em frente a um bar que, geralmente, costuma ter a fila de espera organizada em torno da árvore. É preciso evitar acidentes com essa planta venenosa. Ela tem belas flores brancas, mas é perigosa”, disse o morador Leonardo Kossoy.

A Subprefeitura Pinheiros fará a remoção do arbusto em até duas semanas. “Vale ressaltar que a espécie não foi plantada pela administração regional, que pode ter se desenvolvido de forma espontânea ou plantada por munícipes”, destacou a nota.

Não somente nas ruas, mas nas residências os cuidados precisam ser redobrados em razão de plantas que podemos cultivar. “Quem tem crianças pequenas e cachorros, precisa verificar com muito cuidado. Em casa, não temos copo-de-leite e nem mamona”, alertou a moradora Tereza dos Santos.

LEIA TAMBÉM: No fim de maio, moradores das avenidas 11 de Junho e Dr. Altino Arantes, na Vila Clementino, na zona sul da capital paulista, relataram a presença de escorpiões na região.

“Recentemente, o funcionário de um estacionamento praticamente ao lado do prédio onde eu moro me informou ter visto um escorpião por lá. O local é uma ex-residência em péssimo estado de conservação. Chamei a prefeitura. Ao comparecer ao local, o funcionário da prefeitura acreditou no gerente do estacionamento, que disse, talvez por medo de tomar alguma multa, que não era verdadeira a informação”, disse o morador Hamilton Carvalho.

Foto: Morador da Vila Clementino

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Tudo o que sabemos sobre:

PlantaVenenosacerqueira césar

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: