Moradores cobram sinalização de proibido estacionar em via da zona norte de SP
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Moradores cobram sinalização de proibido estacionar em via da zona norte de SP

CET informa que a implantação de projeto foi realizada no fim de maio

Renata Okumura

04 de junho de 2019 | 17h24

SÃO PAULO – Moradores se queixam que a rua Eugênio Colber, no Imirim, na zona norte de São Paulo, está sendo usada como estacionamento público e pedem sinalização de proibido estacionar na via. Além disso, também cobram fiscalização efetiva da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

O morador Victor Buzzo fez diversas solicitações à CET para que fossem colocadas as placas. Ele acrescenta que o pedido foi feito há um ano e meio.

“Estamos aguardando o retorno há mais de 18 meses e não é passado nenhum prazo para atendimento de uma solicitação simples, por parte dessa companhia. Trata-se de uma rua sem saída com aproximadamente três metros de largura que está sendo utilizada como estacionamento público. Os carros impedem que moradores possam entrar ou sair de suas garagens, pois não há espaço suficiente para a manobra”, reforçou o morador.

Foto: Werther Santana/ Estadão

Em nota, a CET informa que a área de engenharia de sinalização da companhia realizou no fim do mês de abril a implantação de projeto que proíbe o estacionamento na rua Eugênio Colber, no Imirim.

No entanto, moradores pedem fiscalização na região já que muitos motoristas não respeitam a nova sinalização.

“As placas foram instaladas, mas continuo abrindo chamados no 1188. É preciso ter fiscalização efetiva no local”, diz morador.

Moradores também relatam que motoristas desrespeitam a sinalização na rua José do Patrocínio, na altura do número 550, na Aclimação, na região central da cidade.

“Tem uma escola que funciona todos os sábados das 8h até as 20h. Muitos motoristas não respeitam as placas de ‘embarque e desembarque brevemente’. Muitos deixam carros por várias horas no local. Em algumas ocasiões, até em frente a garagens de residências. Param em fila dupla e causam muitos transtornos ao bairro”, reforçou morador que preferiu não se identificar.

Em nota, a CET informa que a área de engenharia de campo realiza periodicamente a fiscalização na rua José do Patrocínio, por meio de rotas em viaturas.

“Ressaltamos que, no período de 2 de junho de 2018 até 13 de abril de 2019, a CET recebeu 10 reclamações por meio do telefone 1188, sendo que em duas ações os motoristas foram orientados e retiraram os veículos do local, em uma o veículo foi autuado, e em sete não houve confirmação da irregularidade”, destacou a nota.

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Tudo o que sabemos sobre:

CETProibido EstacionarFiscalização

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.