As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Moradores de São Bernardo cobram serviço de zeladoria em praça do bairro Taboão

Prefeitura da região informa que realizou a limpeza no local por meio do contrato emergencial; nova contratação está em fase final de processo licitatório

Renata Okumura

06 de março de 2019 | 15h55

SÃO PAULO – Moradores da Rua Amaro José dos Santos, no bairro Taboão, em São Bernardo do Campo, estão indignados com o abandono de uma praça da região. Além de mato alto e sujeira, o local, que deveria proporcionar lazer e descanso, também sofre com bancos quebrados.

Quem mora na região relata o descaso da administração. “Estou extremamente preocupada com a situação da praça em frente a minha casa. Por causa das chuvas, o mato cresceu bastante e não aparece ninguém para cortar o mato, a praça está totalmente abandonada. Os bancos estão quebrados e não há varredores na região”, relatou a moradora Cláudia Brandão.

Segundo relatos, há informações da presença de cobras e lagartos. Muitos temem o risco e não passam nem perto da praça.

Alguns tentam amenizar os danos. “Uma moradora varre a praça todos os dias para aliviar a situação, mas não é dever dela. É responsabilidade da prefeitura e ela é uma senhora aposentada”, relatou morador do bairro.

Em nota ao Blog Blitz Estadão, a Prefeitura de São Bernardo informa, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos, que realizou, o serviço de limpeza, de capinação e de zeladoria como pintura e colocação de novas lixeiras, no referido local.

A administração esclarece ainda que os serviços capinação e varrição estão sendo executados por meio do contrato emergencial.

Uma nova contratação está em fase final de processo licitatório para ampliar as ações destes serviços mencionados por toda a cidade.

LEIA TAMBÉM: Moradores e empresas realizam trabalho de zeladoria na capital paulista.

Em alguns canteiros de avenidas e praças é possível observar a existência de placas indicando que uma Organização Não Governamental (ONG), uma empresa ou mesmo moradores realizam trabalho de conservação. Áreas verdes e que muitas vezes contam com espaço para lazer.

Praças Nossa Senhora da Aparecida, em Moema Foto: Divulgação/ CNU

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Tudo o que sabemos sobre:

PraçaSão Bernardo do CampoZeladoria

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.