Polícia prende 10 criminosos durante Operação Integrada no Morumbi
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Polícia prende 10 criminosos durante Operação Integrada no Morumbi

Ação realizada na zona sul da capital paulista contou com mais de 500 policiais; mais de mil pessoas foram abordadas na região

Renata Okumura

03 de abril de 2019 | 17h00

SÃO PAULO – Seis bandidos foram presos em flagrante e quatro foragidos da Justiça foram recapturados entre a última terça-feira, 2, e esta quarta-feira, 3, durante a Operação Integrada Morumbi, na zona sul da capital paulista.

Ação policial no Morumbi Foto: Reprodução imagem da PM

Segundo a Polícia Militar (PM), as equipes atuaram em locais previamente apontados pelo serviço de inteligência policial que identificou os pontos com mais incidência de crimes. O objetivo é combater roubos, furtos e latrocínios.

O presidente da Sociedade Amigos Morumbi e Vila Suzana (Samovis), Jorge Eduardo Souza, afirma que os moradores cobram maior efetivo policial para combater a criminalidade na região que está mais intensa e a implementação de planos de longo prazo.

“A operação policial é algo favorável, mas é preciso ter um plano estruturado e contínuo, não apenas uma ação pontual. Quando passa o efeito da ação pontual, ficamos muito mais expostos e o risco amplia. Já até colocaram fogo em ônibus, em outras ocasiões. A polícia deve ter um processo continuado. Vivemos como se estivéssemos em um ‘país em guerra’. Os moradores estão contratando vigilantes particulares, mas o custo acaba sendo muito alto”, ressaltou.

Durante a operação, mais de mil pessoas foram abordadas e 68 quilos de drogas foram apreendidos. Parte encontrada em uma refinaria de entorpecentes em Paraisópolis.

Entrada da Favela de Paraisópolis, na zona sul Foto: Renata Okumura

“A iniciativa veio se somar a outras ações pontuais realizadas desde o início do ano na região do Morumbi e que foram intensificadas no mês de março”, destacou o tenente-coronel Aleksander Toaldo Lacerda, comandante da operação.

581 policiais militares e civis, com o apoio de 212 viaturas e um helicóptero, integrantes de várias unidades policiais participaram da operação no Morumbi.

Também houve seis multas por recusa ao teste do bafômetro. Mais informações estão no twitter da Polícia Militar.

Nas rede sociais, o morador Adriano Tadeu cita arrastão ocorrido na manhã desta quarta-feira: “Segundo relatos houve arrastão de moto pela manhã perto do Colégio Pio XII. O policiamento deve ser diário”.

Crimes

Um grupo de 15 bandidos fez um arrastão em um condomínio na região do Morumbi, zona sul da capital paulista, em novembro do ano passado. O Deic prendeu o líder de quadrilha que cometeu o crime.

Ação de moradores nos Jardins

Segundo a associação de moradores Ame Jardins, existe o Programa Vizinhança Solidária (PVS) que já conta com mais de 1 mil famílias.

Criada em 2009, a iniciativa voluntária de um grupo de moradores tem por objetivo conectar vizinhos que, em conjunto, promovem ações para aumentar a segurança na região.

Atualmente mais de 50 ruas estão conectadas entre os Jardins Paulistano, Europa, América e Paulista, interligadas por meio de coordenadores voluntários. A conexão é feita entre os coordenadores das ruas, o Batalhão da Polícia Militar e a Polícia Civil, órgão que conduz as investigações em caso de ocorrências”.

Quer compartilhar alguma reclamação em seu bairro? Mande seu relato por WhatsApp (11) 9-7069-8639 ou para o email blitzestadao@estadao.com.

Mais conteúdo sobre:

Blitz EstadãoMorumbiPolíciaCrimes