Beija-Flor empolga o público e sai da Sapucaí como favorita

Estadão

20 Fevereiro 2012 | 05h46

A Beija-Flor foi a sexta e penúltima escola a deixar a Sapucaí na primeira noite de desfiles do Grupo Especial do Rio. Homenageando os 400 anos da cidade de São Luís, do Maranhão, a Beija-Flor empolgou o público que assistiu ao Carnaval 2012 na avenida e saiu da passarela aos gritos de “É campeã” por parte dos seus componentes que já estavam na dispersão.

O destaque da agremiação de Nilópolis foi a homenagen ao carnavalesco João Trinta, que morreu em 17 de dezembro do ano passado, em São Luís. Uma escultura de Joãosinho surpreendeu –e emocionou– o público em meio ao desfile.  Fazia referência ao desfile de 1989, que teve uma réplica da estátua do Cristo Redentor censurada pela Justiça.

Para a apresentação, recebeu R$ 2 milhões do governo maranhense. A governadora Roseana Sarney acompanhou o Carnaval carioca.

O desfile teve início às 4h19 desta madrugada de segunda-feira, 20, com um samba gostoso de cantar. A escola, 12 vezes campeã do Carnaval do Rio de Janeiro, veio com 48 alas, 8 alegorias e 4 mil componentes.  A comissão de frente trouxe uma enorme serpente,  separada em várias partes.

[galeria id=2232]

Na sequência, os componentes da comissão desfilaram carregando as várias partes da pele da serpente, morta por um guerreiro. A novidade ficou por conta de uma super-ala, a do “Mercado”, formada por componentes com diferentes fantasias.

Acompanhe as últimas notícias do Carnaval 2012 em todo o Brasil.

 

Veja os melhores momentos dos desfiles do Carnaval 2012 e conbeça os sambas das escolas.

Mais conteúdo sobre:

Beija-Florcarnaval 2012desfile RJ