Rosas de Ouro, com muito colorido, canta a Hungria, ‘uma lendária terra de reis’

Estadão

18 Fevereiro 2012 | 06h34

A Hungria — chamada pela Rosas de O Reino dos Justus — foi o tema da escola no Carnaval de 2012. Mais especificamente, um descendente de húngaros: o empresário Roberto Justus, homenageado na avenida pela quinta agremiação a entrar no sambódromo do Anhembi.

A vida de um monarca ficctío, Janos, guiou a apresentação da escola que contava a história de  “uma lendária terra de reis, guerreiros e justos”.

[galeria id=2200]

Para isso, as fantasias e alegorias usaram muitas referências à cultura medieval do país homenageado.

Deu certo: a agremiação foi um dos destaques do primeiro dia de desfiles em São Paulo e, aos 40 anos de história, deve superar o decepcionante 8° lugar de 2011, depois de ser campeã pela oitava vez em 2010.

 

 

Mais conteúdo sobre:

carnaval 2012desfile SPRosas de Ouro