Tom Maior encerra segundo dia de desfiles do Grupo Especial de São Paulo

Estadão

19 Fevereiro 2012 | 07h20

A Tom Maior entrou na avenida para encerrar, às 7h24 desta manhã de domingo, 19, o segundo dia de desfiles do carnaval paulistano. A pretensão da escola foi propor um caminho de harmonia entre os homens. No samba-enredo “Paz na Terra e aos homens de boa vontade”, a escola trouxe ao sambódromo paulistano exemplos de personalidades históricas que lutaram pela tolerância entre povos, seres divinos que simbolizam a paz e ações que podem levar a uma convivência pacífica entre as pessoas e com a natureza.

A Tom Maior, 9º lugar na classificação geral do Grupo Especial no ano passado, levou à avenida anjos e outros símbolos divinos que zelam por amor e pela vida na Terra. Logo depois, o contraste: a escola citou a violência, as desigualdades sociais, corrupção e desrespeito à natureza.

[galeria id=2221]

A Tom Maior também abriu espaço para as mudanças. Lembrou a caridade entre os homens e um de seus maiores símbolos, Madre Tereza de Calcutá. Clama a avenida para cada um adotar, no dia a dia, atitudes transformadoras. Ações que marcaram vidas de tantos outros líderes mundiais, como Chico Xavier, Martin Luther King e Mahatma Gandhi, além de personalidades históricas da própria Tom Maior.

Por fim, destacou a esperança em um mundo mais justo, simbolizada pelas crianças. “A forma infantil guarda um espírito adulto para um novo amanhã”, diz a escola. A mensagem com que a Tom Maior busca tocar o público se mantém atual. Resta saber quantos foliões sairão do sambódromo levando o recado a sério.

(COM WLADIMIR D’ANDRADE, DA AGÊNCIA ESTADO)

Veja fotos, notícias e vídeos sobre o Carnaval 2012.

Mais conteúdo sobre:

carnaval 2012desfile SPtom maior