Anhembi ainda tem ingresso para esta sexta

Estadão

08 Fevereiro 2013 | 06h49

Ainda há ingressos para assistir ao desfile das escolas de samba de São Paulo para a noite desta sexta-feia, 8, no Anhembi, zona norte da capital. Quem quiser ficar na arquibancada tem apenas o setor B à disposição, por R$ 140. Os setores B, D, E, F e G ainda têm entradas para cadeiras e mesas na pista, cujos preços variam de R$ 240 a R$ 2.400. Todos os tíquetes de arquibancada para o desfile de sábado já foram vendidos.

A bilheteria do Ginásio do Ibirapuera, na Rua Manuel da Nóbrega, 1.361, zona sul, funcionará hoje e amanhã, das 11h às 17h. No sambódromo do Anhembi, a bilheteria abrirá às 11h nos dois dias e só vai fechar quando o último ingresso for vendido. A entrada dos espectadores será permitida a partir das 17h, quando também passarão a valer os bloqueios perto do sambódromo montados pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

A primeira escola a entrar na avenida será a Acadêmicos do Tatuapé, que ficou em segundo lugar no Grupo de Acesso no ano passado. A agremiação homenageará a cantora Beth Carvalho com o enredo A Madrinha do Samba. Na sequência, entrará a Rosas de Ouro, vice-campeã do ano passado, que pretende apresentar festas populares do mundo inteiro. Terceira escola da noite, a Mancha Verde falará sobre o ator Mário Lago.

Maior campeã do carnaval paulistano, com 14 títulos, a Vai-Vai preparou um desfile que contará a história do vinho. A quinta escola a desfilar será a X-9, que vai mostrar São Paulo como a cidade da diversidade. Outra escola que surgiu de uma torcida de futebol, a Dragões da Real contará a história de seu próprio símbolo: o dragão. O primeiro dia de desfiles será fechado pela Águia de Ouro, que homenageará o sambista João Nogueira. O samba foi composto pelo filho dele, Diogo Nogueira.

Retoques. Na quinta-feira, foi dia de acertar os últimos detalhes nos reparos feitos no sambódromo do Anhembi. Ao longo do mês, foram feitos, segundo a SPTuris, recapeamento e revisão geral da parte hidráulica e elétrica. Funcionários montaram telas de proteção, cadeiras e camarotes, além de terem pintado as arquibancadas. A última etapa da manutenção deve ser feita na manhã desta sexta: operários vão passar na passarela mais uma camada de tinta branca antiderrapante e refletora. A SPTuris espera um público de 30 mil pessoas nesta sexta.

 

Tiago Dantas, O Estado de S. Paulo

Mais conteúdo sobre:

anhembiCarnaval 2013ingressos