A mágica comissão de frente da Unidos da Tijuca

Estadão

15 de fevereiro de 2010 | 20h14

A impressionante performance da comissão de frente da Unidos da Tijuca certamente já é um marco na história dos desfiles das escolas de samba do Rio. O uso de técnicas de ilusionismo não ficou só na novidade de levar um elaborado número de mágica para a avenida. Além da técnica perfeita, a ala que abre o desfile da escola foi um primor na evolução da coreografia pela passarela. Quem não viu, perdeu.

Na sequência de imagens abaixo, feita pelos fotógrafos Fabio Motta, Wilton Junior, Marcos de Paula (Agência Estado), Felipe Dana (AP), Antonio Lacerda, Marcelo Sayao, Nelson Pérez (EFE) é possível ver as seguidas trocas de figurinos feitas em poucos segundos pelas bailarinas no número elaborado pelo carnavalesco Paulo Barros.

frente1

frente2

frente3

frente4

frente5

frente6

frente7

frente10

frente11

frente8

frente9

frente13

frente14

frente15

frente16

frente17

frente18

frente19

frente20

frente21

frente22

frente23

frente24

frente25

Acompanhe a cobertura completa na página do Carnaval