Geração de neurônios mortos (A Pele que nos divide)

Geração de neurônios mortos (A Pele que nos divide)

Paulo Rosenbaum

03 de abril de 2019 | 18h59

 

 

 

 

Roubo no pomar acidental
Na barraca oriental hermafrodita
Rito ideológico (sextenal)
Fina cor,
papoula dourada.

Ri,
das flores maléficas.
Ri,
do inexistente denunciado.

Homicídio no lento sono, paradas curtas,
infinita dedução
Já, ali,
onde as mãos rolavam
o incêndio das aversões continentais!

Tudo o que sabemos sobre:

Poesia e a Pele que nos divide

Tendências: