AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Tempo e censura na polifonia da informação científica.

Paulo Rosenbaum

10 de maio de 2020 | 21h46

Resolvi aproveitar a prisão domiciliar para elaborar uma cronologia dos fatos mais relevantes. Não será possível concluir muita coisa, mas parece que o uso de máscaras “a quarentena portátil” oportuna expressão emprestada do Nelson Ascher, será aquela solução provisória que mediante um habeas corpus, nos fará voltar a circular.

Uma vez que há quem diga que contra fatos não existem argumentos — observando a mídia é fácil constatar que não é bem assim — os fatos “crus” expostos, mostram que as informações abundam, assim como suas interpretações.

Vamos aos tais fatos crus, ei-los:

(Negritos são por minha conta)

01 setembro 2017

“O conceito de “pecado antigênico original” foi proposto pela primeira vez por Thomas Francis Jr. em 1960. Esse fenômeno tem o potencial de reescrever o que entendemos sobre como o sistema imunológico responde às infecções e a mecânica das implicações de como as vacinas devem ser projetadas. Demonstrou-se que o pecado antigênico ocorre em várias doenças infecciosas em animais e humanos, incluindo infecção por influenza humana e dengue. A base do “pecado antigênico original” requer memória imunológica e a capacidade do sistema imunológico de autocorreção. No contexto de infecções virais, espera-se que, se formos expostos a uma cepa nativa de um patógeno, poderemos montar uma resposta imune secundária na exposição subsequente ao mesmo patógeno. O “pecado antigênico original” não contradiz esse processo imunológico bem estabelecido, desde que o antígeno infeccioso subsequente seja idêntico ao original. Mas o “pecado antigênico original” implica que, quando o epítopo varia levemente, o sistema imunológico depende da memória da infecção anterior, em vez de montar outra resposta primária ou secundária ao novo epítopo, (a menor porção de antígeno com potencial de gerar a resposta imune) o que permitiria respostas mais rápidas e mais fortes. O resultado é que a resposta imunológica pode ser inadequada contra a nova cepa, porque o sistema imunológico não se adapta e, em vez disso, depende de sua memória para organizar uma resposta. (Fonte – Abstract do Artigo publicado no Journal Autoimun – Publimed – NIH)

31 dezembro de 2019

Grupos de casos de pneumonia de origem desconhecida foram relatados em Wuhan, provincia de Hubei, China, relatados pela comissão municipal de saúde em Wuhan. Um novo coronavírus foi eventualmente identificado (fonte OMS)

1 janeiro 2020

A OMS emitiu um comunicado de que houve um incidente e acionou os três níveis da organização, colocando a organização em emergência para lidar com o surto. (fonte OMS)

4 janeiro 2020

OMS divulgou nas mídias sociais de que havia um grupo de casos de pneumonia — sem mortes, em Wuhan, Província de Hubei, China (fonte OMS)

5 janeiro de 2020

Primeira publicação do surto de doença da OMS sobre o novo vírus. Continha o alerta e o relato do que a China contou à organização sobre o status dos pacientes e das medidas tomadas pelas equipes de saúde pública sobre os casos de pneumonias em Wuhan. (fonte OMS)

10 janeiro 2020

OMS publica um pacote de orientação e medidas técnicas para explicar para todos os países como detectar, testar e gerenciar os casos potenciais, baseado no que se sabia sobre o vírus naquele momento. (fonte OMS)

12 janeiro 2020

China publica a sequencia genética do Covid 19 (fonte OMS)

13 janeiro 2020

Funcionários confirmam um caso de Covid 19 na Tailândia, o primeiro caso fora da China (fonte OMS)

14 janeiro 2020

Lideranças técnicas da OMS fazem uma conferência de imprensa afirmando que a transmissão entre humanos pode ser limitada (nos 41 casos confirmados) preferencialmente em pessoas da mesma família, e que havia o risco de surtos mais amplos. (fonte OMS)

final de  janeiro 2020)

Presidente Donald Trump barra todos os voos da China afirmando que desde o meio de dezembro, portanto seis semanas antes, as autoridades chinesas sabiam que havia transmissão inter-humana) (Fonte – NYT, WP)

20-21- janeiro 2020

Experts da OMS dos escritórios da China e do escritórios de região do Pacífico  fazem breve visita de campo em Wuhan

22 janeiro 2020

A missão da OMS diz em depoimentos que há evidência de que a transmissão do vírus em Wuhan é inter-humana, mas mais investigação é necessária para entender a amplitude dessa transmissão. (fonte OMS)

23 01 2020

Nota do Ministério de Saúde e Bem Estar da Família da Índia

Na instância do Ministério da AYUSH, o governo do Presidente Modi, através do Conselho Central de Pesquisa em Homeopatia (CCRH) discutiu as formas e os meios de prevenção da infecção por coronavírus na reunião de seu Conselho Científico em 28 de janeiro de 2020. O Grupo de Especialistas sugeriu que o medicamento homeopático Arsenicum album Ch 30 pode ser considerado um medicamento profilático contra infecções por Coronavírus, que também foi recomendado para a prevenção de ILI.  O Grupo de Peritos também sugeriu que medidas gerais de higiene (como uso de máscaras, distanciamento social para prevenção de infecções transmitidas pelo ar, sugeridas pelo Ministério da Saúde e Bem-Estar da Família, Governo da Índia), para a prevenção da doença também deve ser seguida pelo público. Recomenda-se concomitantemente também o uso de medicamentos da medicina auryvedica, além de turmeric e outros fitoterápicos.  (Fonte Ministério da Saúde da Índia- AYUSH)

23 janeiro 2020

O diretor geral da OMS convoca o Comitê de Emergência para avaliar se o surto constitui uma emergência que merece preocupação internacional. Os membros independentes não conseguem chegar a um consenso baseado nas evidencias disponíveis naquele momento. Solicitaram nova convocação num período de 10 dias, após receberem mais informações. (Fonte – OMS)

30 janeiro 2020 (29 dias depois)

O diretor geral da OMS reconvoca o Comitê de Emergência que alcançou um consenso e chegou a conclusão de que o surto constitui uma Emergência de saúde pública de interesse mundial, e o diretor geral aceitou a recomendação e declarou a 2019-nCoV como tal. Seria a 6a vez desde 2005 que este tipo de alerta foi emitido. OMS atribui risco muito alto para a China (fonte OMS)

Neste momento já eram 7818 casos confirmados no mundo, a maioria na China e 82 casos em outros 18 países.

01 Fevereiro de 2020

“Pegue a gripe, América. A flu (o vírus influenza, origem da gripe comum) é uma ameaça maior do que o coronavírus, por enquanto.” (Fonte – Caderno de Saúde do Washington Post)

3 fevereiro 2020

OMS prepara um plano Estratégico de resposta para proteger Estados com sistemas de saúde precários.(fonte OMS)

03 fevereiro 2020

Índia declara Estado de Emergência (Fonte The Telegraph)

11-12 fevereiro

OMS convoca um Fórum de Pesquisa e Inovação para o Covid-19 que reúne mais de 400 experts de todo o mundo, que inclui Zunyou Wu, epidemiologista chefe da China

16-24 fevereiro de 2020

A OMS junto com uma comissão da China com experts do Canadá, Alemanha, Japão, Singapura, Nigéria, Korea, Russia e Estados Unidos, passam algum tempo em Beijing e depois visitam Wuhan e outras duas cidades. Falam com funcionários, cientistas, e profissionais de saúde nas unidades de saúde (mantendo distanciamento social) (fonte OMS)

21 fevereiro de 2020

Coreia do Sul declara Estado de Emergência (Fonte BBC)

03 março 2020

Dr Pak-Leung Ho – Chefe do Centro Médico de Doenças Infecciosas de Hong Kong afirma em mensagem nas redes sociais que o número de casos em Hong Kong não dispararam como no Irã e na Itália pelo rigor na vigilância epidemiológica e pelo uso universal de máscaras por parte de toda a população. (fonte Tweeter @hkumed)

11 março 2020

Profundamente preocupados pelos alarmantes níveis de severidade e alastramento, e pelos alarmantes níveis de inação, a OMS declara que o Covid 19 pode ser caracterizado como pandemia. (fonte OMS)

13 março 2020

Estados Unidos declara Estado de Emergência (fonte BBC)

16 de março 2020

Brasil declara Estado de Emergência (fonte BBC)

16 março 2020

Finlândia declara Estado de Emergência (fonte NYT)

16 março 2020

Alemanha (Bavária) declara Estado de Emergência (Fonte – DW)

16 de março de 2020

Austrália declara Estado de Emergência (The Guardian)

16 março 2020

“China promove medicina tradicional como “solução chinesa”para o coronavírus. Nem todo mundo embarca” (Fonte CNN)

“Coronavirus: a medicina tradicional chinesa pode ajudar a combater a moléstia? The importance of traditional chinese medicine” (Fonte Deustch Welle – Caderno Science)

19 março 2020

Israel declara Estado de Emergência

20 março 2020

Colunista do NYT Bret Stephens publica artigo no qual afirma “É perigoso ser guiado pelo Medo” (Fonte NYT)

22 março 2020

França declara Estado de Emergência

25 março 2020

Cloroquina poderá ser usada em casos graves do coronavírus. (Fonte Ministério da Saúde do Brasil)

26 março 2020

China fecha suas fronteiras e não permite entrada de estrangeiros.

25 março 2020

Reino Unido declara Estado de Emergência

31 março 2020

“Estamos estudando isso” Dr. Antony Fauci sobre o uso de máscaras por pessoal que não é da área de saúde.

01 de abril 2020

Rússia declara Estado de Emergência (depois Putin desmente– Fonte Reuters)

01 de abril de 2020

OMS considera revisar a orientação sobre o uso de máscaras (The Guardian)

01 abril 2020

A Droga usada contra a malária, a hydroxychloroquine ajudou a acelerar a recuperação de um pequeno grupo de pacientes, afirmam médicos na China.” (Fonte NYT)

03 abril 2020

Todos deveriam usar máscaras em público (Centro de Controle de Doenças e Prevenção – Fonte Live Science)

03 abril 2020

A droga ivermectina, aprovada pelo FDA, inibe a replicação de SARS-Cov2 in Vitro” (Fonte -National Institute of Health)

06 abril 2020

OMS diz que não há utilidade ou necessidade de que pessoas saudáveis façam uso de máscaras (fonte CNN – The Guardian)

06 abril 2020

“Distanciamento social: como persuadir os outros que funciona?” (Fonte-BBC) 

07 abril 2020

Uso de máscaras (isoladamente) não evita que pessoas saudáveis contraiam o Covid 19 (The Guardian)

07 abril 2020

“Distanciamento social está controlando Covid 19: agora os cientistas precisam compreender quais medidas são mais efetivas” (Fonte – Stat)

07 abril 2020

Para o psicólogo Jacob Pinheiro Goldberg: “A ciência sem Ética é crime na desumanização. A liberdade do Ser não admite as “verdades” de laboratórios eis que não somos ou não deveríamos ser reduzidos à cobaias em experimentos condicionais como pretendia o nazismo e o stalinismo. Esta guerra está travada e a primeira batalha foi vencida pela sordidez do Vírus. Agora precisamos de profetas verdadeiros, cientistas éticos e líderes conscientes, uma autêntica elite humanista para conduzir o Bom Combate” (Fonte Blog Estadão)

09 abril 2020

Suécia declara “leis especiais” para lidar com, o surto (Fonte The Local )

09 abril 2020

Hidroxicloquina será usada como tratamento na rede municipal. (Fonte – Estadão)

12 abril 2020

Petição pedindo a renúncia do chefe da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, perto de 1 milhão de assinaturas” (Fonte Fox News)

15 abril 2020

São urgentes estudos sobre impacto do coronavírus  no estado mental: segundo pesquisadores os efeitos do lockdown e do próprio vírus podem ser profundos e de longa duração, dizem pesquisadores” (Fonte – The Guardian)

16 de Abril

Japão declara Estado de Emergência

17 abril 2020

Luc Montagnier: revelações sobre a origem do Sars-CoV 2, um Nobel marginal habituado às polêmicas. Foi ou não criado em Laboratório?” (Fonte – Pourquoidocteur)

17 abril 2020

Por que não sabemos a verdadeira taxa de morte para o Covid 19? (Fonte NYT)

22 abril 2020

Espanha declara estado de emergência

21 abril 2020

Pessoas que comprovadamente apresentam mais riscos para a moléstia Covid 19

Pessoas de mais de 65 anos

Pessoas que estão em enfermarias e ou acamadas há muito tempo

Pessoas imunocomprometidas: tratamento de câncer, fumantes, transplante de órgãos, portadores de AIDS, uso prolongado de corticoesteróides, e outras condições de medicações que debilitam a imunidade.

Obesidade severa (BMI acima de 40)

Diabéticos

Pessoas com doenças renais crônicas que estão em diálise

Pessoas com moléstias hepáticas

(Fonte- Center for Disease Control and Prevention USA)

20 abril 2020

“Pesquisadores brasileiros da FMUSP: terapia com Heparina melhora hipóxia de Covid 19 – estudo de casos” (Fonte – ResearchGate)

24 abril 2020

FDA alerta sobre o uso de Hydroxychloroquina para pacientes com Covid 19″ (Fonte-  University of Minnesota)

É necessário cautela no uso de Cloroquina para a moléstia Covid 19″ (Fonte JAMA)

“Hydroxycholoroquina e coronavirus: um guia aos estudos científicos até aqui: a droga, agora uma questão partisã – que se tornou uma esperança, mas os estudos de efetividade ainda são limitados ” (Fonte – The Guardian)

29 abril 2020

“Esperança aumenta com a droga remdesivir. Apesar de resultados conflitantes, resultados de amplos ensaios mostram que o antiviral acelera a recuperação. E será colocada como tratamento standard nos Estados Unidos” (fonte – Nature)

30 abril 2020

Para o professor de patologia Paulo H. Saldiva: “Quanto à tempestade imunológica, ela ocorre sim.  É o que, chamados de tempestade de citocinas. Ela ocorre numa fração de pacientes, com uma grande ativação da resposta, digamos, de defesa, da linha de defesa. Ele pode fazer com que o dano seja no afã de eliminar o micro-organismo, você elimine também, destrua o tecido.  Isso se pode fazer por extrusão de enzimas da parte dos linfócitos, macrófagos e neutrófilos, mas também tem um fenômeno que é chamado “net”. São redes de DNA que os neutrófilos soltam, uma rede, como uma malha, como aquela dos antigos gladiadores. Essa malha vem temperada, vem aderida com um monte de proteases.  Isso aumentando muito a eficiência da destruição, porém reduzindo a sua pontaria. Nós estamos vivendo um enorme experimento ecológico observacional onde não podemos interferir com as variáveis e cujo desfecho só será conhecido ao final da história e infelizmente, nós somos os seres que estão sendo estudados. Nós somos as cobaias desse momento.” (Fonte Blog Estadão)

01 maio 2020

As políticas de bloqueio total nos países da Europa Ocidental não têm impactos evidentes na epidemia de COVID-19″ – (Fonte MedRXiV)

02 05 2020

“Tratamento com anticoagulante é associado com queda de mortalidade em pacientes com formas graves de coronavírus – heparina” (Fonte – Publimed)

“Medicamento anticoagulante reduz em 70% a infecção de células pelo novo coronavírus” (Fonte – Agência Fapesp)

05 maio 2020

Pfizer começa ensaios clínicos em humanos para uma possível vacina contra o Coronavirus. (Fonte – New York Times)

05 maio 2020

Israel e Holanda divulgam que fizeram progresso no combate ao Covid nos ensaios com anticorpos para tratar ou prevenir a infecção. (Fonte – The Guardian)

05 maio 2020

O epidemiologista Neil Ferguson, expert na estratégia que ajudou a modelar a estratégia para o coronavirus no Reino Unido e nos Estados Unidos, renuncia após quebrar as regras do lockdown sugeridas por ele e sua equipe. (fonte The Guardian)

07 maio 2020

Em carta, cientistas apontam pressão por drogas mais caras contra a hidroxicloroquina. (Fonte – Gazeta do Povo)

07 maio 2020

Corrida pela cura da covid-19: já são 182 remédios e 99 vacinas em teste. (Fonte – Revista Exame)

08 maio 2020

Estudo estima 4,2 milhões já contaminados com coronavírus no Brasil. (Fonte – Estadão)

08 maio 2020

Cientistas da Índia sobre o coronavirus: Porque celebrar “modelos bem sucedidos” em lidar com o Covid 19 é perigoso. Ser e permanecer vigilante é a única opção. O outro problema é tentar replicar o mesmo modelo em  estados e distritos. O epidemiologista Latlit Kant adverte contra esta prática: estes modelos usados até aqui são para áreas específicas e não podem ser replicados. O tamanho – da intervenção – não cabe em todas. É claro que podemos aprender dos diferentes modelos“. (Fonte BBC)

08 maio 2020

“Médico sueco Anders Tegnell sustenta que 25% estão imunes em Estocolmo e rebate críticas dizendo que Suécia, que chegou a 3 mil mortos, já atravessou boa parte do caminho. Como chefe da luta contra o vírus ele fala da vantagem de ter parte da população infectada. Queremos reduzir a disseminação do vírus para não sobrecarregar o sistemas de saúde. E manter a sociedade funcionando. Estamos dando a informação para as pessoas, conselhos, recomendações, já que há uma forte confiança entre os suecos e as agencias governamentais. As recomendações tem sido respeitadasNão acredito que é o tamanho da população que importa, mas a confiança entre as agências e a população. Se você tem isso, consegue muita coisa. (Fonte Estadão)

09 maio 2020

Nós sabemos tudo — e nada — sobre o covid. Vitamina D protege contra resfriados e gripe, e especialmente no fim do inverno, é deficiente nos obesos, pessoas de pele escura e idosos. O estudo na Indonésia mostrou que os casos de Covid 19 com deficiência de vitamina D tinham 19 vezes mais chances de morrer do que pessoas com os níveis adequados. O governo britânico assumiu uma visão paternalista de que não seríamos confiáveis caso fôssemos apenas orientados, mas decidiram que precisávamos ser ordenados ao lockdown.”  (Fonte – The Spectator)

09 maio 2020

Suécia não é um modelo milagroso para o coronavírus. A OMS tem sido generosa em elogiar nesta pandemia. China Singapura e Irlanda, todos estes países receberam aplausos pela maneira em como lidaram com esta crise. Agora que o alastramento da infecção ficou mais lento e as medidas draconianas de lockdown estão sendo gradualmente suspensas a OMS está promovendo o caminho sueco de fazer as coisas” (Fonte – The Strait Times)

09 maio 2020

Serviço de inteligência alemão diz que China pediu para a OMS retardar a informação de que haveria transmissão interhumana do Sars CoV 2. (Fonte – Der Spiegel)

___________________________________________________

Os governos poderiam fazer com que os cidadãos, através de uma boa técnica maiêutica, passem a pensar por si mesmos. E, quiçá, cheguem à conclusões distintas, emancipadas, daquelas que desejam nos impor sob o argumento da autoridade intelectual ou, pior, sob um discurso cientificista peremptório, quando, de fato, ele não nem a consistência, nem o rigor que aspira.

Importante também mencionar alguns personagens, que somente depois de eleitos, levantam as máscaras, e assumem seus perfis autocráticos ao colocar a mão na taça dos empossados. E, por isso mesmo, não tem a confiança da opinião pública, vital para que a cooperação e a responsabilidade individual aconteçam.

A ciência avança sem linearidade, é da própria natureza do método. E não é mais possível adiar, é preciso aceitar o componente empírico da medicina. Aprender com a estratégica tentativa e erro não é vergonhoso. Vergonhoso é aceitar que alguém detém todas as respostas. Imaginar que governos ineptos possam fazer qualquer coisa sem que as  sociedades, em algum ponto, reajam à altura.

A abulia acabará, assim que os sujeitos, aqueles que constroem a história, notarem que as instituições estão no mesmo compasso de desorientação que todos.

Tirem suas próprias conclusões, mas reitero: a história está apenas começando.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: