Eduardo Araújo & Tony Osanah

Edmundo Leite

25 de março de 2010 | 14h03

Hoje tem show do Eduardo Araújo no Tom Jazz, aqui em São Paulo. Muitos costumam desprezar artistas associados à Jovem Guarda e esquecem da importância que tiveram e das músicas bacanas que fizeram.

Só por ser autor, junto com Carlos Imperial, de “Vem Quente que Eu Estou Fervendo”, e pela gravação de “O Bom” (Imperial), Eduardo Araújo merece toda reverência.

No show desta noite, fiquei sabendo, ele terá como convidado o guitarrista, multiinstrumentista, Tony Osanah, autor de outros clássicos da música brasileira, apesar de ser argentino. Os dois mereciam mais linhas, mas por hoje vão somente esses dois registros em vídeo:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: